Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Língua Afiada

Incompetência

Já por diversas vezes falei aqui no blog da incompetência, porque é uma coisa que me tira do sério, há situações onde é tão flagrante que chego a ficar com os nervos em franja.

Quais?

Quando tenho de resolver, minimizar e/ou aturar reclamações por causa da incompetência dos outros.

Fico de todas as cores! Primeiro fico vermelha de raiva, a seguir azul de nervos e depois branca por não ter o poder de colocar as pessoas na linha.

Tenho um colega de outro departamento que é uma lástima, arrasta o trabalho, não responde a e-mails, não dá seguimento a pedidos, um desleixo total, que, espantemo-nos, nem sequer é por não ter capacidade, é mesmo por desmotivação.

Que ele esteja desmotivado eu até entendo, tem razões para estar, mas ele acha mesmo que é assim que conseguirá alguma coisa? Já não há um colega que o consiga acobertar, a sua desmotivação interfere com o trabalho dos outros, e uma, duas, três, um sem fim de vezes dá-se um desconto, entende-se, encobre-se, afinal somos colegas, mas chega a um ponto que não é possível, especialmente quando a sua incompetência deliberada ou não interfere com o bom funcionamento da empresa.

Esta situação é recorrente e tira-me do sério, pior de tudo é que vejo uma colega do departamento dele perto de um esgotamento tal a forma como se encontra sobrecarregada e vejo o diretor deles de braço cruzados sem tomar uma atitude a empurrar a situação com a barriga.

Está a criar-se uma bola de neve gigantesca de casos de reclamações escritas, documentadas, sinceramente não sei de que estão à espera para resolver a situação.

E é isto! Agora que já recuperei as cores vou resolver o problema.

47 comentários

Comentar post

Pág. 1/2