Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Língua Afiada

Juro que não entendo

O objetivo das publicações no Facebook que começam assim:

 

"Posso pedir um favor? Apenas alguns de vocês vão fazê-lo e eu sei quem são.

..."

 

Há de tudo um pouco:

As mais populares são as que falam do cancro.

Temos também as preces à Nossa Sra. de Fátima e a todos os santos.

As que convidam os amigos a publicarem fotos e nomearem outros amigos.

As típicas frases parvas que as pessoas inocentemente comentam e depois recebem uma mensagem a dizer que é um segredo e que ninguém sabe e que os homens vão ficar doidos e pardais ao ninho.

E claro as típicas ameaças ao Facebook.

 

Eu gostava mesmo de saber quem é que são os iluminados que inventam estas publicações.

Até estou a imaginar o cenário, um cromo qualquer que não tendo nada que fazer pensa - vou inventar aqui uma publicação parva e ver qual o alcance e repercussão que terá.

Com certeza o seu objetivo deverá ser chegar ao mural de uma figura pública ou na loucura ser noticiado pelos meios de comunicação.

Estas publicações são só parvas, especialmente as primeiras, se querem mesmo lembrar os doentes que sofrem de cancro, em vez de fazerem uma publicação sem sentido no Facebook que esquecem dois segundos depois, façam um donativo.

Se querem rezar para aos santinhos vão à igreja que os santos não têm perfil de Facebook e já agora deixam lá uma esmola de penitência pela ideia parva de falarem com os santos através de uma rede social.

Querem dizer às vossas amigas que são lindas e grandes mulheres, marquem um encontro e conversem, elas querem lá saber que digam no Facebook que elas são espetaculares! Se acham mesmo isso elas já sabem!

Querem por os homens a pensar? Têm mesmo a certeza que querem isso? Tenham juízo, acham mesmo que eles se ralam com essas mensagens de código? Teve piada uma vez, agora é só estúpido.

E por amor da santa deixam de ameaçar o Facebook com as cenas da privacidade e não vale a pena dizerem que não querem que o Facebook seja a pagar, se algum dia contra tudo o que a própria rede social anuncia, o Facebook for a pagar não é o raio de uma mensagem no vosso mural que vai impedir que paguem.

16 comentários

Comentar post