Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Língua Afiada

Não há bem que sempre dure, nem mal que nunca acabe!



Este ano que ainda mal começou tem sido um ano de contrastestão grandes que o meu sistema nervoso tem tido dificuldade em lidar com osaltos e baixos com os quais me tenho deparado.
Assim de repente parece que voltei à adolescência:
- Ora estou muito feliz, ora estou a sentir-me miserável.
- Ora tenho imensos planos, ora não tenho nada interessantepara fazer.
Esta vida de extremos não é nada entediante mas caramba écansativa, estes altos e baixos esgotam-me de tal forma que fico extenuada.
Só para dizer que depois de um fim-de-semana passadomaravilhoso, tive uma semana de cão mas a anunciar hoje um fim-de-semanaexcelente depois de uma notícia muito boa.
São os contrastes da vida. Um dia mau, um dia bom, mas o queinteressa é o balanço final.