Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Língua Afiada

Natal 2015 #3

Eu tinha preparado uma imagem para colocar aqui de Bom Natal mas entretanto com a azáfama do Natal não tive tempo, nem vontade para ir computador coloca-la. As minhas desculpas.

 

Espero que tenham tido um excelente Natal na companhia dos que mais amam, recheado de coisas boas salgadas e doces e com muitas prendinhas bonitas e úteis.

 

O meu Natal foi provavelmente um dos piores de sempre, nada de estranhar já que 2015 foi provavelmente um dos piores anos de sempre. As expectativas também não eram grandes e o meu interesse no Natal esgotou-se nas decorações que assim que ficaram prontas perderam o encanto.

Nada que não estivesse à espera já que as relações familiares não andam de boa saúde, a certa altura o Natal soube a hipocrisia.

 

A minha vida está assim numa espécie de banho-maria e por isso até as coisas boas têm uma importância muito relativa.

Entretanto pensamentos do género:

- Porque temos de fazer tanta comida? Faz sentido algum cometer tantos exageros?

- O que estamos a festejar? O mundo está de pernas para o ar.

Também não ajudaram muito a sentir-me em modo de festa.

 

Curiosamente, ontem a sós com o MQT senti-me feliz, uma felicidade simples, sem nenhum motivo aparente, uma felicidade que me fez cantarolar e dançar em vez de caminhar o dia todo.

 

6 comentários

Comentar post