Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Língua Afiada

O maravilhoso mundo do trabalho - O mundo do trabalho é um mundo cão.



O mundo do trabalho é um mundo cão.

Em criança quando ouvia esta expressão achava quesignificava que o mundo do trabalho era mau, provavelmente cheirava mal e que deveriaser uma coisa difícil de aturar.
Agora quando penso nesta expressão penso que dizem que é ummundo cão, porque no fundo somos como os cães e os nossos donos são os patrões.
Quando entramos numa empresa somos todos como unscachorrinhos, somos a novidade da casa, toda a gente nos quer conhecer, toda agente quer brincar connosco, estamos sempre alegres e bem-dispostos, e tudoparece promissor, parece que teremos sempre alguém que nos ajudará e nos daráuma palavra de incentivo.
Mas depois o cachorrinho cresce, chega à adolescência e asua vontade de conhecer o mundo é vista como rebeldia, ele não tem nada demeter a pata no pio dos outros, nem dar opinião sobre assuntos da chefia, temapenas de fazer o que lhe é pedido.
Depois o cachorrinho chega à idade adulta e percebe que estáprestes a perder o seu lugar para os cachorrinhos que agora chegam cheios deenergia e vitalidade, alguns têm ideias iguais às suas, aquelas que defendedesde a adolescência mas que ninguém quis ouvir, ele até simpatiza com os novoscachorrinhos afinal são uns queridos, mas percebe que já não tem importânciaque tinha na casa, ele até pode ser dominante e estar num posto superior masninguém quer brincar com ele.
À medida que o cachorro envelhece é deixado de parte, deixamsequer de perguntar a sua opinião e ninguém quer saber da sua estratégia para empresa,a sua experiência não serve de nada, fica para ali encostado a um canto como sefosse mobília, a definhar até ser deixado à sua sorte independentemente das alegriasque tenha proporcionado ao seu dono. Às vezes é mesmo abandonado sem sequer umobrigado, de forma fria e cruel.

2 comentários

Comentar post