Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Língua Afiada

Os blogs e a publicidade

Já falei sobre este assunto aqui no momento em que saiu a lei que obriga os blogs a assinalar os conteúdos publicitários, mas a lei continua a não ser respeitada e não vejo ninguém preocupado com isso a não ser os leitores.

Uma situação que levanta muitas dúvidas são as ofertas, as ofertas de produto que geram um post são ou não publicidade?

Da minha perspetiva depende do tipo de post que originam: um post informativo ou um post formativo.

Se o blogger apena informa que este produto ou aquele serviço estão disponíveis sem qualquer opinião, não vejo necessidade de assinalarem o post como publicitário, se bem que havendo a oferta de géneros a ética e a lei exigem que o blogger informe que tomou conhecimento do produto/serviço a convite ou por oferta. No entanto, acho que neste caso podem não o fazer desde que não inventem uma história mirabolante para apresentarem o produto e se limitem a apresenta-lo.

Esta situação é ambígua, veja-se o caso das revistas, serão as press acompanhadas de exemplares de produtos consideradas publicidade ou informação?

Se o blogger escreve uma opinião sobre o produto ou serviço aí deverá esclarecer que o produto/serviço foi uma oferta, não só porque existe uma probabilidade muito grande de a opinião ser enviesada pela oferta mas porque a lei assim o obriga.

“3. A publicidade testemunhal deve ser inequivocamente identificada como publicidade.”*

 

Não obstante todos os dias nos deparamos com situações menos claras em blogs mais ou menos conhecidos. Algumas chegam a roçar o ridículo por aparecerem em vários blogs ao mesmo tempo.

Se a culpa em última instância é o do autor do blog, muita dessa culpa parte dos profissionais que gerem as marcas que não sabem usar os blogs como veículos de comunicação e fomentam muitas vezes a engano dos leitores.

Todos sabemos que as opiniões espontâneas são mais valorizadas do que a publicidade, mas o caminho não é criar opiniões falsas é criar produtos/serviços que despertem essas opiniões.

Como sempre há tendência a ir pelo caminho mais fácil, mas enganem-se se pensam duas coisas:

- Que os leitores não notam

- E quando notam quem fica mal é a marca.

Não, quem fica mal é o autor do blog.

Pensem bem antes de fazerem publicidade no vosso blog, analisem a proposta, revejam o conteúdo, verifiquem se o post patrocinado se alinha com os conteúdos do blog, sejam sinceros e acima de tudo não tendem iludir os leitores.

Valorizem o vosso trabalho e os vossos seguidores.

 

* Transcrição do Código da Publicidade

9 comentários

Comentar post