Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Língua Afiada

Hot Jesus agora é Hot Devil



Diogo Morgado dá vida à personagem O Homem na série TheMessengers, uma série que retrata o apocalipse e como 5 estranhos vão tentarsalvar a Humanidade e que serão testados pelo Homem que os tentará desviar docaminho.
Eu adoro histórias sobre o apocalipse, tenho assim um fascínioestranho por elas, já que tenho curiosidade em saber como iriam reagir oshumanos numa situação de crise extrema, por isso é quase certo que a irei seguir,como se isso não fosse suficiente a série tem o ator português como protagonistao que é uma razão bastante forte para acompanhar a história.
A série assim à primeira vista parece ter os ingredientescertos para ser um sucesso e o nosso Diogo Morgado parece que vai ser um HotDevil espetacular que surge na série literalmente quente, mesmo a arder eenvolto em fumaça.
Podem espreitar o trail.

Empresas Portuguesas - Mas o que vos anda a passar pela cabeça?





O meu MQT hoje tinha uma reunião e como é habitual pergunteiqual era empresa, mal ele escreveu o nome tratei logo de o colar no Google parasaber mais sobre a dita empresa, tenho sempre curiosidade pelo trabalho dele epara quem trabalha.
A empresa tem site institucional em PT, EN e ES, o que ésempre bom, existem montes de empresas que nem um site têm e outras que estãoanos com um “under construction”.
Como é habitual passeio pelo site, que no fundo são 4páginas muito, muito pobres e o que descubro? Coisas super interessantes:
- Nome da empresa na apresentação escrito entre aspas! What?
- Erros ortográficos, falta de acentos, pontuação excessivae uma miscelânea de frases feitas que juntas não fazem sentido nenhum. Mas nemuma menção ao objeto de negócio da empresa.
Resolvi espreitar o texto em Inglês e consegue ser pior, temainda mais erros ortográficos e diversos erros gramaticais. Abro a página de apresentação emEspanhol e consegue ser o mais equilibrado dos três, mas continua a ter erros ea não mencionar o que a empresa faz.
Nas restantes 3 páginas existentes a pobreza dos textos continuae os erros ortográficos também, as fotos que ilustram o site apesar de nãoserem más, são escassas, mas suficientes para perceber que o design dosprodutos e respetivas embalagens é muito pobre e ultrapassado.
Fecho o site e penso como é possível que uma empresa queexporta para 80 países, está presente em feiras internacionais e pelos vistosmuito bem de saúde financeira não tem ninguém que se preocupe com a Imagem que transmiteaos seus potenciais clientes.
Em termos de marketing acredito, não tenho dados, que cercade 80% das empresas portuguesas estão 30 anos atrasadas em relação às empresasde países mais desenvolvidos, há ainda muito trabalho a desenvolver neste campoporque o marketing ainda é tido como um custo e associado apenas à publicidade.Ideia completamente errada e míope.
Mas deixo uma dica aos “empresários” portugueses, nãoquerem, não ligam não se importam com marketing tudo bem, fiem-se na virgem enão corram; Não ligam à imagem e ao design porque vendem sem problemas,continuem a vender os produtos que vendiam há 10/15/20 anos atrás porque claroeles vão sempre continuar a vender-se magicamente só porque sim.
Mas pelo menos se publicarem alguma coisa online antes defazerem publicar colem o texto no Word, esse programa fantástico que detetaerros ortográficos e até gramaticais, e só depois se corrigirem as palavras queaparecem a vermelho e verificarem se querem manter as palavras que aparecem a azul é quecolam o texto no site. A sério não custa nada, perdem 2 minutos e evitamter erros rudimentares na vossa montra digital.
Porque mais vale perder dois minutos com a imagem do queperder a credibilidade em dois minutos.

Para desanuviar - Models Fails



Hoje o dia está um bocadinho cinzento e nem o meu lençocolorido com flores e borboletas consegue animar o ambiente.
Por isso toca a ver um vídeo cómico para descontrair, nadamelhor do rir das desgraças alheias e por isso aqui fica uma compilação demodelos a falhar no equilíbrio, a escorregar, a mergulhar, a aterrar, a deslizar,a patinar e há mesmo uma que se enfia num buraco.
Verdade seja dita alguns saltos parecem impossíveis, aindamais quando combinados com pisos pouco adequados, e as pernas de algumasmodelos não são propriamente grande suporte de sustentação.
De louvar a atitude descontraída de algumas após a queda,porque até para cair é necessário ter classe.