Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Língua Afiada

Ano novo, imagem nova

Ano novo, cabelo novo.

Gostam da minha máxima para 2017?

Tenho a teoria que as mulheres quando querem mudar algo nas suas vidas o cabelo é que sofre e normalmente sofre muito.

Não foi o caso, acho que a minha vida já mudou o suficiente em 2016, a mudança no cabelo foi mesmo porque estava cansada de usa-lo sempre da mesma forma, eu que sempre gostei de mudanças de imagem estava há demasiado tempo com a mesma aparência.

A primeira ideia que tive foi dar um banho de cor ou fazer nuances, mas iria estar a estragar o meu cabelo virgem e saudável e nem a cabeleireira achou boa ideia.

A solução? 20cm de cabelo a menos e pareço outra pessoa.

20cm parece muito, mas para o cabelo que tinha não é nada, continua ligeiramente abaixo dos ombros.

 

Fiz um bob longo ligeiramente mais comprido à frente e reto atrás, a última vez que o cortei já tinha escolhido o bob longo mas totalmente a direito.

O facto de estar mais comprido à frente dá a ilusão que o cabelo continua comprido e como nos primeiros dias o usei esticado à primeira vista nem se notava muito, não fosse ter mudado de risca ao lado para risca ao meio, já não me lembrava de usar risca ao meio, a diferença não seria muita.

 

Hoje deixei-o ligeiramente encaracolado e nota-se que está muito mais curto, mas é como gosto mais de o ver, para já estou a gostar da mudança, mas tenho receio que daqui a uns dias sinta saudades do cabelo que me falta. Não estou muito preocupada porque o meu cabelo cresce rapidamente.

 

No post de ontem falava sobre as aparências e de como todos querem ser iguais, hoje de manhã senti vontade de colocar um batom de cor forte, pensei duas vezes antes de o fazer, apenas por um motivo por ser chamativo, de repente caí em mim.

Tenho evitado usar determinadas roupas, acessórios e até maquilhagem para não ser notada, para não sobressair, motivo que há anos atrás nunca seria impedimento de usar nada, sempre tive a confiança necessária para ser diferente.

 

Coloquei o batom e saí confiante, nunca quis ser igual aos outros e a confiança é uma questão de atitude, tenho os lábios vermelhos e depois? São da cor da minha garra.

Olá 2016 #3 E como vão as resoluções?

Muito bem.

Já comprei a agenda, mas é tão bonita que não me apetece escrever nela.

Escrevi na do trabalho, apontei todas as reuniões para me recordar que estou cheia de trabalho.

A única lista que fiz foi de filmes que ainda não vi e que quero ver antes dos Óscares.

E a de compras, para ver se é desta que não me esqueço de nada.

Resumindo, em 2016 posso não fazer nada de jeito, mas filmes vou ver muitos e pela amostra de Janeiro vou fazer muitos também.

Eu escrevo guião para os outros representarem e oriento as cenas sentada na minha cadeira de realizadora enquanto imagino tudo a acontecer.

Os planos na minha cabeça funcionam sempre, quando os tento colocar em prática é que a coisa complica.

 

Olá 2016 #2 Então Língua como vão os teus desejos?

Não vão!

Agenda? Ainda não comprei!

Listas? Ainda não fiz nenhuma!

Dieta? Pois… O MQT ontem resolveu ser um querido e trouxe o jantar deitando por terra os meus planos de comer uma sopinha.

Hoje jantar dos Reis em casa da minha mamy, que como nome indica é para comer à rei.

Amanhã, amanhã começo a dieta. Ah espera primeiro tenho de planear o que comer.