Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Língua Afiada

Entrada na primária 2016 vs 1986

Na continuação do post anterior a propósito regresso às aulas e das fotos dos primeiros dias de escola.

 

... Uns dias antes...

Em 2016

Vamos lá comprar a lista de material que a escola disponibilizou, queres cadernos de quem Matilde? Da Barbie ou da Winx? Ah queres da Violeta, também pode ser.

A professora pediu 12 lápis de cores, mas acho que é melhor levar um conjunto de 36, não vá necessitares do azul elétrico e só teres azul-escuro.

Queres levar estas canetas coloridas? Não há problema mete-se na fatura para o IRS e até se recupera o valor e até tenho um desconto de 10% em cartão.

 

Em 1986

Esta mochila parece resistente, deve dar para os 4 anos da primária. Não gostas? Também não tens de gostar Maria Rita, a mochila é para transportar livros não é para ser bonita.

A tua professora deve achar que vais ser artista, guaches? Mas o que é que uma criança de seis anos vai pintar para precisar de guaches? Ias estraga-los todos, não vou comprar depois logo se vê.

Queres uma caneta com 5 cores? Era o que faltava levas uma bic azul, outra vermelha e outra verde e já é bom, no primeiro ano praticamente só vais escrever a lápis.

 

... Na véspera do primeiro dia de aulas...

Em 2016

Amanhã irá começar uma nova etapa na tua vida, vais conhecer amigos novos, terás uma professora nova e aprenderás muitas coisas novas e divertidas.

Em 1986

Amanhã vais para a escola, não te esqueças que agora é a sério, a escola não é para brincar é para aprender.

 

... No primeiro dia de aulas na saída para a escola...

Em 2016

Faz lá uma pose para a foto filha. Estás tão linda.
Vamos tirar só mais uma, pronto esta ficou bem e com um filtro ficará ainda melhor.

 

Em 1986

Endireita essas costas, quem se curva são os idosos. E vê lá se chegas a casa com a roupa direita e limpa.

 

...Recomendações especiais antes da entrada na escola...

Em 2016

Vá lá diverte-te Matilde, vais adorar a escola, vais ver que aprender é muito divertido.

A professora vai ser muito tua amiga.

Se tiveres algum problema podes sempre ligar para a mamã.

Tenho muito orgulho em ti.

 

Em 1986

Vê lá se te portas bem, não quero recados da professora. Lembra-te que tens de lhe obedecer e que dentro da sala de aula não se brinca.

Livra-te de me vires fazer queixa de alguém, tens de te desenrascar sozinha.

 

...No final do primeiro dia de aulas...

Em 2016

Então minha querida gostaste do primeiro dia de aulas?

Gostaste da professora? Fizeste muitos amigos?

 

Em 1986

Como correu a escola? Portaste-te bem?

Obedeceste à professora? Trataste-me bem os teus colegas?

Regresso às aulas

Mais uma foto do primeiro dia de aulas e corto os pulsos!

Ainda se tolera quando é efetivamente o primeiro dia na primária, mas se o vosso bebé vai para a quarta classe por favor toda a gente já sabe que a escola começa hoje, além disso que tal passarem o telemóvel ao miúdo ele é capaz de conseguir tirar uma foto mais focada.

Até parece que existe algum concurso especial de acesso à escola, como se a escola não fosse obrigatória e para todas as crianças.

Não me digam que há algum concurso de mochilas! Há?

É que se há perdem todos pela falta de criatividade, são todas basicamente iguais e servem todas para o mesmo, a diferença entre a mochila da Barbie e da Hello Kitty é apenas no tom de cor-de-rosa.

Seria de divulgar se o fosse filho tivesse com 6 anos entrado no ensino secundário ou que com 12 tivesse entrado no ensino superior, pois mas essas notícias chegam-nos normalmente da Índia.

Aguardam-se as fotos dos cadernos e do estojo na hora dos primeiros deveres de casa, não vale a pena perderem muito tempo também são todos iguais.

Não faltará muito para que publiquem fotos do primeiro cocó de um bebé.

Desconfio que algumas mães andem até a espiar os filhos para lhes gravarem o primeiro beijo na boca e restantes desenvolvimentos, é coisa para ficar catita no vídeo do casamento uns anos mais tarde.

Não sou mãe, não posso ter opinião

Parece que como não tenho filhos não tenho direito a ter opinião sobre crianças e muito menos sobre a sua educação, aliás é quase sacrilégio opinar sobre isto.

Os pais sabem mais do que os especialistas na matéria, sabem mesmo mais do que psicólogos e sociólogos que passam anos e anos a estudar o comportamento humano.

Quem não é pai não tem direito a ter uma opinião sobre como se deve educar porque não tem experiência e não se fala mais nisso.

As clássicas frases feitas de quem não tem mais argumentos.

Basicamente é este o argumento que dão, estranhamente nenhuma dessas pessoas comentou os comentários de pais que deram o testemunho que educaram e educam os seus filhos sem palmadas.

Se este argumento é válido sugiro a estas pessoas que dão tanto valor à experiência que:

Procurem apenas médicos que já tenham tido as vossas doenças, porque o que saberá um médico sobre a vossa doença se nunca a teve?

Deixem de ir a pediatras que não tenham filhos, porque é óbvio que não entendem nada de crianças.

Procurem professores e educadores também eles com filhos, pois como vão ensinar e educar crianças se não têm filhos?

Aliás criem creches, infantários e escolas cujos professores e, especialmente, educadores tenham como pré-requisito obrigatório ser pai, mas de pelo menos de seis, porque lidar com um é muito diferente do que lidar com uma turma inteira.

Apliquem isto a tudo na vossa vida e serão muito felizes a conviver e a falar apenas com pessoas que tenham exatamente as mesmas experiências que vocês.

 

Sacudam o pó à vontade às fraldas, deem palmadas, puxões de orelhas, o que bem entenderem aos vossos filhos, mas tenham esperança de morrerem sem antes ficarem senis, pois não vão os vossos filhos acharem que quando vocês estiverem qual bebés só poderão entender que cuspir as papas é feio se vos derem uma palmada.