Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Língua Afiada

Agradecimento e nota para os emigrantes

O apoio dos emigrantes portugueses à seleção foi maravilhoso, milhares de adeptos com presença constante em todos os pontos por onde a seleção passava.

Milhares de apoiantes nas bancadas, embora tenha sido necessário o patrocínio de claques de clubes portugueses para que se pudessem ouvir nas bancadas os gritos e o clamor pela equipa portuguesa, é certo que dado o mote os adeptos seguiram-no e fizeram-se ouvir bem alto.

Jogar em França foi quase como jogar em casa tal foi apoio que a seleção recebeu, foi um apoio espontâneo, se planeado poderia ter sido bem maior, mas não houve coordenação entre a comunidade e as autoridades portuguesas, Hermano Sanches, vereador da Câmara de Paris é quem o afirma.

Fomos sem dúvida a seleção que fora de casa teve mais adeptos, uma grande claque que fez vibrar as bancadas, o orgulho e apoio dos emigrantes deixou orgulhosos todos portugueses.

A verdade é que os emigrantes portugueses aproveitaram a oportunidade para mostrarem aos franceses que são muitos, estão unidos e que apesar da sua natureza pacata e recatada são importantes em França, até outros emigrantes se juntaram à festa, as bandeiras da Argélia e da Tunísia andavam de par em par com a bandeira portuguesa nos festejos, numa clara afirmação da comunidade emigrante.

É sem dúvida emocionante ver os portugueses a afirmarem a sua cultura, a glorificarem as suas raízes, a não terem vergonha de se assumirem como portugueses e sentirem orgulho nisso.

Obrigada por todo o apoio que deram à nossa seleção, sem vocês não seria a mesma coisa, a festa não seria tão grande, a vitória não teria a mesma magia e não seria tão poética.

Mas agora peço-vos mantenham esse orgulho e esse espírito, especialmente quando regressarem a Portugal para passar férias, tragam esse orgulho português na bagagem.

Não se ridicularizam a falar francês aportuguesado, como se ninguém vos percebesse, não sejam mal-educados com a própria família e amigos, falem português em Portugal.

Não cometam a parvoíce de estarem a falar francês uns com os outros para depois berraram aos quatros ventos um calão carregado de palavrões quando o Jean ou Pierre estiverem a fazer asneiras. É ridículo. Ensinem a língua portuguesa aos vossos filhos e não só a parte da língua que não interessa a ninguém.

Se têm tanto orgulho em ser portugueses demonstrem-no quando estão em Portugal e parem de ser hipócritas.

Quem tem orgulho de ser português tem orgulho sempre e não só quando dá jeito.

5 comentários

  • Imagem de perfil

    Psicogata 13.07.2016 10:09

    Tenho de concordar que dificilmente Portugal será uma potencia económica até pela limitação do território, não podemos enquanto presentes na União Europeia optar uma estratégia de paraíso fiscal e por isso as nossas opções são poucas, mas tudo depende da gestão, uma forte aposta no Turismo e/ou na especialização tecnológica poderiam ser o caminho, temos imenso potencial, para não falar que no mar somos um país com muito território.
    Acredito que para quem está fora e vibra com Portugal esta vitória tenha um sabor diferente, não sei se mais especial mas é diferente, até porque o sabor da vitória depende da ligação que se tem ao próprio futebol em si.
    Eu penso que a maioria dos franceses lidou bem com a situação, cá chegaram mensagens de felicitações de muitos clientes e parceiros.
    Mas quem deveria dar o exemplo, a seleção francesa, os canais televisivos e a gestão da Torre Eiffel não deram, isso é que fica mal.

    Quanto a falar português, sei que pode ser difícil mas acho que deveriam fazer um esforço especialmente quando os familiares que os rodeiam não percebem francês, é uma questão de respeito.
    A nova geração é um pouco diferente, mas alguns dos primeiros que emigraram chegam cá com uma arrogância que lhes cai muito mal.
  • Sem imagem de perfil

    Alexandre 13.07.2016 10:34

    Infelizmente é esta a realidade, Portugal terá um longo caminho pela frente para melhorar e continuar a progredir para que mesmo não consiga estar ao nível de países como a França, consiga manter-se num nível perto.

    Este foi realmente um campeonato atípico de Portugal, as criticas começaram bem cedo, foi difícil lidar com elas, a internet não foi meiga e alguns "jornalistas" mereciam levar umas pauladas, e com isso acho que a selecção deu a melhor resposta.

    Quando era miúdo e vivia na Suíça , estudei o francês , e sempre falei francês com os amigos, em casa falava português com os meus pais, de ferias em Portugal nunca falei francês , com a família , mudava o disco consoante o pais. Pessoalmente partilho da vossa ideia, mas como digo, nem sempre é fácil para muita gente desligar da língua francesa, o que é certo é que nem "todos" fazem de propósito , mas também é certo que por vezes é falta de esforço.
  • Imagem de perfil

    Psicogata 13.07.2016 10:40

    A verdade é essa Alexandre, muitas vezes nem se esforçam e nós sentimos isso e não gostamos.
    Tenho um primo que namora com uma francesa, ela não fala português, mas já entende e faz um esforço para comunicar com toda a família quando cá está, mas já vi filhos de emigrantes que nem se dão ao trabalho de tentarem entender os tios e os primos, até lhe deitam olhares de desprezo.
    Não gosto de pessoas arrogantes e já vi muito emigrantes arrogantes e acho uma atitude muito feia.
    Ainda bem tem essa sensibilidade, não há nada mais educado do que se adaptar às circunstâncias, aliás é sinal de inteligência .
  • Sem imagem de perfil

    Alexandre 13.07.2016 11:05

    A pura das verdades, o mais engraçado no meio disto tudo é o facto que muitos desses emigrantes falam aqui em português por todo lado, na rua, no mercado e nos centros comercias, etc.

    Existe uma resposta em comum para os franceses que criticaram a selecção e para os portugueses que falam francês em Portugal, e essa resposta é: AUSENCIA DE EDUCAÇÃO !
    E isso não é propriamente um problema apenas de Portugal ou de França mas sim de todo um Mundo.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.