Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Língua Afiada

Cansada, sem tempo, mas feliz

Os dias têm sido muito preenchidos a nível pessoal e a nível profissional, muitas tarefas e muitos sorrisos, o tempo parece que não chega para nada, alguém que o faça passar mais devagar por favor.

A nossa bebé está cada vez mais engraçada, mais comunicativa e mais exigente, apesar de gostar de brincar e de ficar a brincar “sozinha” gosta de nos ver e sentir por perto e as brincadeiras favoritas dela são mesmo as que tem connosco, acho até que prefere as do pai, o Moralez vai por a menina maluca com tanto salto, avião e tudo o que possam imaginar.

Chego ao final do dia estafada e sinto que me falta tempo para algumas coisas que me fazem bem, mas o saldo é positivo e todos os dias afinamos mais um pouco a rotina e chegaremos ao dia em que o tempo estará devidamente distribuído e a nossa vida assim mais facilitada.

A minha maior dificuldade tem sido priorizar, estabelecer prioridades dentro de tarefas prioritárias tem sido complicado, estamos numa fase de mudanças profundas da nossa vida, como uma mudança só não chega andamos indecisos entre fazer obras ou mudar (comprar) casa, muitas decisões a tomar.

No entretanto, não tenho um único presente de Natal comprado, não tenho sequer ideia do que comprar, tenho ainda de fazer a lista de prendas e atribuir um valor a cada uma para começar a despachar presentes. Tenho de contratar uma sessão fotográfica de Natal (post sobre isto a ser cozinhado) e tenho um sem fim de coisas a organizar antes do final do ano.

Este cansaço retira-me a pouca paciência que tenho e por isso tenho-me enervado com facilidade, tenho de me controlar, preciso de estar calma para conseguir terminar tudo o que tenho em mãos a tempo e horas, mas as pessoas, sempre as pessoas, não facilitam, não existe realmente limite para a estupidez humana.

Para ficar zen vou praticar o mindfulness ao encontrar uma agulha num palheiro, tenho de descobrir em 200 luzinhas de Natal qual é a está queimada! Tinha de se estragar logo o meu conjunto de luzes favoritas, ninguém merece.

Já fizeram a árvore? A minha já esta montada mas sem nada, com a disponibilidade que tenho decorar a casa para o Natal é coisa para demorar 5 semanas…

Foco, cansada, mas feliz. Não esquecer o feliz, mesmo que esteja neste momento a fazer um esforço herculano para manter as pálpebras abertas.

Boa semana

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.