Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Língua Afiada

Coisas que acontecem lá por casa #1

Este episódio bem que se poderia chamar – Odisseias do WC

Ontem à ida para casa fui levantar a encomenda da nova tampa da sanita, a anterior partiu-se não se sabe bem como.

A senhora da loja abriu a embalagem eu vi que estava em condições e levei-a para casa.

O MQT mal abre a caixa exclama – Está tampa não é igual à nossa!

- Mas tu não abriste a embalagem antes de a trazeres?

- Eu vi, vi que estava em condições. Disse eu.

- E não viste que não era igual à nossa???

- Não, achas que eu sei como é a tampa da sanita? Achas que tenho presente essas coisas?

Pedimos o modelo Eden na caixa diz que é o modelo Eden.

- Mas achas que isto, claro que não dá. Pega no tampo e coloca-o em cima da sanita.

- Vês, vês como é completamente diferente!

Até era, mas não uma diferença que eu pudesse recordar.

- Ok passo lá amanhã para ver se houve alguma troca. Mas não queres ver primeiro no site?

Um escândalo, um ultraje para depois com calma ir ao site da marca verificar que aquela tampa é o modelo atual Eden.

Senhores da Cifial quando quiserem mudar os modelos das tampas de sanitas das vossas coleções pensem duas vezes, não imaginam as complicações e implicações que essas mudanças causam nas casas das pessoas.

Depois da história do tampo da sanita eis que acontece novo episódio a envolver o WC.

Ia tendo um ataque de pânico quando percebi que tinha o esquentador avariado.

O homem já estava despedido na casa de banho eu estava a fazer 2 ou 3 coisas ao mesmo tempo na cozinha como já é hábito.

Gritou que a água não aquecia para ver se o esquentador tinha acionado, verifiquei que não.

A primeira ideia de temos é que seriam as pilhas, mudam-se as pilhas e nada, desmonta-se o esquentador, todos os fios estão ligados, dão-se umas pancadinhas, apertam-se os parafusos e nada.

Já estávamos a entrar em pânico, digamos que ficar sem água quente no inverno é a mesma coisa do que ficar em frigorífico no verão.

Em última tentativa abro a torneira da cozinha e por milagre o esquentas liga-se.

Mas abre-se o chuveiro e já não liga.

Foi um chilique que lhe deu pensamos.

Várias tentativas e nada. Ao fim de algumas liga-se novamente.

Disse ao MQT para nunca mais fechar a água quente e aproveitar para tomar banho, só fechei a torneira da cozinha quando a água já corria no chuveiro.

 

Mas azar dos azares o homem fechou sem querer e o raio do esquentas já não ligava novamente.

Aí fez-se luz, ao abrir na torneira da cozinha o esquentador ligava ou abrir no chuveiro não. Tínhamos trocado o telefone do chuveiro nesse dia, o raio do telefone não era compatível com a pressão da água e não acionava o esquentador.

 

Conclusão: Quem vê olhos não vê corações e nem tudo o que parece é.

A tampa da sanita que é realmente diferente funciona o chuveiro que parecia igual não.

AbreWikipedia (PT): Abre é o décimo-segundo álbum da carreira do roqueiro argentino Fito Páez.

16 comentários

  • Imagem de perfil

    Psicogata 10.12.2015 12:47

    Pelos vistos há, penso que terá a ver com a pressão. Encontrei alguns relatos com problemas semelhantes, podem ser várias coisas a torneira dar passagem para a água fria, ter o filtro sujo, mas segundo a experiência que tive ontem pode ser por reduzir demasiado o caudal e não debitar água suficiente para acionar a chama.
    Um filme, primeiro que ontem associássemos ao telefone novo.
    O melhor será pedires opinião a um picheleiro.
  • Imagem de perfil

    Mula 10.12.2015 12:50

    Como ainda não me causou grande moça (porque tenho máquina e raramente lavo loiça à mão) ando a deixar andar... mas realmente isso faz sentido. Vou ver!
  • Imagem de perfil

    Psicogata 10.12.2015 14:05

    Eu praticamente só abro a água quente na cozinha quando estou em arrumações, mas às vezes para uma coisa mais gordurosa que não pode ir à máquina dá jeito.
    Quando se tem acaba-se sempre por usar.
  • Imagem de perfil

    Mula 10.12.2015 14:36

    Simm, usa-se sempre, até para lavar o fogão, para lavar os legumes e algumas coisas que não vão à máquina, mas é coisa pouca... por isso é que ainda não me apeteceu gastar dinheiro e chamar lá alguém...
  • Imagem de perfil

    Psicogata 10.12.2015 14:41

    Põe o Mulo a trabalhar, ele pode desmontar e ver se está pelo menos entupida ou mal ligada.
  • Imagem de perfil

    Mula 10.12.2015 15:15

    É melhor não... a ultima vez que ele desmontou alguma coisa lá em casa deixei de aceder à minha roupa... (as portas do roupeiro deixaram de abrir)... normalmente esse tipo de coisas sou mesmo eu que faço... vou ver se isso é fácil...
  • Imagem de perfil

    Psicogata 10.12.2015 15:18

    Ahahaha
    Tenho sorte o meu MQT tem jeito para este tipo de coisas.
    Repara imensas coisas.
  • Imagem de perfil

    Mula 10.12.2015 15:34

    Folgo em saber que nem toda a geração está perdida.
  • Imagem de perfil

    Psicogata 10.12.2015 15:37

    Tenho consciência que é caso raro.
    Mas muitos também não lhes convém serem habilidosos.
  • Imagem de perfil

    Mula 10.12.2015 16:01

    é isso é... É que o Mulo quando quer e se esforça, até faz as coisas... e até faz bem... agora quando não lhe apetece.... nem vale a pena pedir que se fizer contrariado á coisa não corre bem!
  • Imagem de perfil

    Psicogata 10.12.2015 16:03

    O problema é mesmo esse, fazem de conta que não sabem e até estragam.
  • Imagem de perfil

    Mula 10.12.2015 16:04

    Pois...
  • Imagem de perfil

    Psicogata 10.12.2015 16:06

    O que mereciam? Que fizéssemos igual
  • Imagem de perfil

    Mula 10.12.2015 16:09

    Só que eu não consigo... eu bem que tento fazer coisas parecidas para irritar, mas parece que não lhe afecta...

    p.ex.: Tirou, no feriado os tapetes todos da casa para sacudir e aspirar a casa, acabou por não aspirar e deixou os tapetes amontoados na sala... ando a tentar respirar fundo para que a porcaria dos tapetes só saiam de lá pelas mesmas mãos de quem os levou, mas aquilo moi-me a alma e temo que jazam os tapetes ali para sempre!
  • Imagem de perfil

    Psicogata 10.12.2015 16:13

    Eu para bem do meu casamento e sanidade mental encarreguei-me das lides da casa e pronto, assumi que eram tarefa minha.
    Mas assumi também que existem coisas de homem, reparações, substituições, bricolage, cortar a relva, cortar e empilhar a lenha, lidar com técnicos de assistência, reparações de automóveis, essas coisas ficam a cargo dele.
    Não deixa de ser uma divisão de tarefas só que um bocadinho diferente, mas acho que ele saiu a ganhar.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.