Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Língua Afiada

Corana vírus sabe a cerveja para Portugal

O mundo está em alerta, a China está sob escrutínio, os hipocondríacos estão fechados em casa, os que acreditam em teorias da conspiração dividem-se entre culpar Trump ou os opositores de Trump, a Europa, as farmacêuticas e claro os suspeitos do costume os Judeus, mas em Portugal aguarda-se pacientemente que a China fique caótica para aumentarmos a exportação de carne suína.

Na minha opinião para além de suínos podíamos exportar os otimistas com elevado sentido de oportunidade, mas sem qualquer bom senso, eles ganhavam uns quantos especialistas a manipular a opinião do povo e nós ficávamos mais sãos, era um favor que nos faziam.

Há uma grande diferença entre retirar o melhor de uma tragédia, como aprender lições, e aproveitar-se da tragédia, em Portugal somos peritos em aproveitamento de tragédias, seja para lucrar ou para brilhar, conscientes do importante papel da exportação, estamos agora a internacionalizar esta grande competência de aproveitamento de tragédias, brilhante.

Este Corona vírus veio mesmo a calhar para Portugal, é como beber uma cerveja na esplanada da praia enquanto vemos um banhista a afogar-se e pensamos menos um para ocupar espaço, os chineses até são tantos, se morrerem uns quantos é um favor que nos fazem.

Fábricas fechadas, produções agrícolas encerradas, só exportações e captação de investimento, tudo a curtíssimo prazo, mas há que aproveitar as consequências positivas da desgraça dos outros.

Sinceramente não sei o que é pior, a frieza com que se analisa uma situação caótica destas ou o desplante de o dizer alto e bom som ao público.

Noutro país, as redes socias, a comunicação social, a oposição já teriam montado um circo, uma onda de indignação que levaria à demissão ou no mínimo à retratação da Ministra, aqui encara-se tudo com normalidade, afinal políticos a dizerem barbaridades é o nosso dia-a-dia e segue a caravana.

Livre-nos Deus Nosso Senhor, Alá, Buda, Zeus e Odin e todas as entidades divinas que um vírus destes tenha origem em Portugal, porque primeiro a pessoa que o detetar não será ouvida, depois andarão a discutir de quem é a responsabilidade de não a terem ouvido e depois quando tudo estiver caótico os políticos recolher-se-ão ao silêncio esperando pacientemente recolher as dádivas da tragédia.

Entretanto o melhor é beber uma Corona e esperar que o vírus não chegue a Portugal.

 

 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Psicogata 07.02.2020 14:10

    Isto vai de mal a pior Maria, agora com esta notícia da PGR... enfim nem sei se escrevo sobre o assunto, isto está tão mal, mas tão mal.
    Temo pela nossa democracia.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.