Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Língua Afiada

Grito escrito

Eu que raramente fico ansiosa e stressada tenho neste momento uma bola no estômago, sinto suores frios e o coração contraído.

Sinto um ardor na barriga tão grande que tenho a certeza que o meu suco gástrico tornou-se corrosivo. Sinto-me enjoada.

Como não sabia o que fazer decidi descrever o que sinto enquanto espero por novidades, era isto ou largar este meu ar de está tudo bem, perder o sorriso nervoso e o acabar com o bater frenético dos dedos no teclado por um grito.

Não posso gritar, por isso escrevo.

AHHHHHHHHHHHHHH

Queria dar um grito tão alto que furasse uns determinados tímpanos, com tal violência que o sangue brotasse sem parar até o seu coração não ter sangue para bombear.

Que aflição ter de viver num mundo onde quem é bom é quem sofre.

Há alturas em que as coisas são tão negras que até a alma mais branca fica vermelha de raiva.

Aguenta coração, mais um bocadinho e já sabes o resultado.

Só mais um bocadinho.

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Psicogata 14.10.2016 09:16

    Olá Sofia,
    Era do Moralez, estava a ansiosa por ele, correu tudo bem :)
    Estamos muitos felizes os dois e mais tranquilos.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.