Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Língua Afiada

Homens entendam as hormonas femininas

As hormonas femininas são uma como bomba de nitroglicerina, altamente instável e pronta a explodir a qualquer deslize.

Para que os homens entendam como isto se processa vou (tentar) fazer uma analogia do nosso corpo ao motor de um automóvel 1900 TDI.

 

O nosso corpo funciona através de uma série de reações bioquímicas que colocam tudo em ação, as hormonas são uma espécie de óleo de motor que mantêm o corpo saudável, as hormonas femininas responsáveis pelo aparelho reprodutor feminino funcionam como a água do radiador, servem para arrefecer o motor, atuam em conjunto com a ventoinha quando o motor aquece demasiado prevenindo que a junta da colaça vá à vida e o veículo pare para manutenção.

Quando a água é insuficiente no radiador e o sistema não refrigera em condições, o motor aquece e para, quando as hormonas femininas se descontrolam todo o corpo sofre, não para, mas muda, para pior.

 

Quando as mulheres têm por algum motivo uma alteração hormonal, pode ser a frequente TPM, gravidez ou uma desregulação hormonal o nosso organismo fica quase sem água no motor, ou seja, o motor tem água suficiente para fazer o mínimo de km até chegar à garagem, a temperatura está ali nos 90 graus mesmo prestes a entrar na red line, se não acelerarem demasiado conseguem chegar ao destino, se acelerarem um bocadinho mais a temperatura passa os 90, o radiador fica sem água, a junta da colaça estraga-se e o carro deixa de andar.

 

É neste ponto que deixamos de ser responsáveis pelas nossas ações, dizemos o que nos vem à cabeça, fervemos por dentro e por fora, gritamos, choramos e somos donas da verdade e ninguém tem o direito de nos chamar à razão, fazer isso é o mesmo que forçar o motor e partir a correia de distribuição.

Discutir com uma mulher neste estado é o mesmo que estragar segmentos, turbo e pistões, ou seja, quando terminarem a discussão irão precisar de um motor novo, zero km.

Portanto na próxima vez que acharem que a vossa namorada ou esposa estiver com as hormonas alteradas não pisem no acelerador, desembraiem o carro e deixem-no ir com o lanço, travem suavemente e estacionem calmamente sem acelerações bruscas, piões ou ultrapassagens, uma condução suave e defensiva de modo a evitarem acidentes.

 

Quais os sintomas da falta de água no radiador?

É fácil é só olhar para a temperatura, todos os carros têm um manómetro para isso, as mulheres também, chama-se rispidez.

Se algum elemento feminino vos dá uma resposta ácida não frequente sem motivo (não contam para este exercício respostas a perguntas que vocês já sabem as respostas mas insistem em perguntar como crianças de 5 anos), já sabem que a mulher está sob stress.

 

O que fazer?

Calmamente dizem:

- Desculpa amor não queria interromper-te.

(Mesmo que elas não estejam a fazer aparentemente nada, estão a pensar, as mulheres estão sempre a pensar.)

 

Atenção interromper-te não é sinónimo de chatear-te ou irritar-te, não confundir.

Nunca, em caso algum, dizer algo como:

- Já vi que estás irritada!

- Não se pode dizer nada.

E afins, não tentem testar, não funciona.

 

E aguardam uma resposta.

 

Tipo de resposta 1:

- Desculpa, hoje estou stressada.

- Hoje não estou nos meus dias.

Ou algo do género é porque o caso não é grave, mas ficam de sobreaviso, se ela continuar a falar ouçam-na e prestem o vosso apoio, um abraço também é aconselhável, atenção estamos a falar de um abraço sentido e não um abraço com segundas intenções.

 

Tipo de resposta 2:

Respondem qualquer coisa ainda mais ácida ou um olhar fulminante.

Não voltem a responder.

Calem-se, deixem-na falar se ela quiser falar, se ela se mantiver calada deixem-na sozinha.

Mas nunca, em caso algum, comecem uma discussão com ela depois deste diálogo, para vosso próprio bem, não sigam esse caminho porque nunca conseguirão ganhar essa discussão mesmo que tenham razão.

 

Se se sentirem tentados em discutir lembrem-se que um motor novo é extremamente caro, um motor retificado é sempre um motor retificado e nem sempre o trabalho fica bem feito, um motor da sucata é sempre, logicamente, da sucata e transmite sempre uma sensação de incerteza, todos estas reparações envolvem altos custos de mão-de-obra especializada paga a peso de ouro para que o carro fique com o motor a 100% por isso mais vale estarem atentos à temperatura porque até uma junta da colaça é cara.

Todas estas reparações envolvem estacionar o carro na oficina por uns dias o que causa imensos transtornos.

E é uma chatice ter-se um carro e não poder conduzi-lo, digamos que aumenta o stress e diminui a conta bancária.

 

Homens, nas relações em caso de dúvida pensem sempre na vossa mulher como um carro de alta competição, com muitos cavalos, alta cilindrada, muito agradável de conduzir, mas quando derrapada, derrapa mesmo e por melhor condutor que sejam a direção irá sempre para onde bem entender, não adianta travar, contra brecar, reduzir porque irão efetivamente espetar-se a alta velocidade.

E lembrem-se que no final serão vocês a necessitar de reparação, pois momentos antes do embate elas passam a condutor e vocês a veículo.

5 comentários

  • Imagem de perfil

    Psicogata 07.06.2016 10:41

    Espero que sim Sofia, está numa linguagem que eles entendem :)
    Espero eu.
  • Imagem de perfil

    Sofia 07.06.2016 12:00

    Está sim sra! Muito bom o post. :)
  • Imagem de perfil

    Psicogata 07.06.2016 12:02

    Obrigada, pelo menos o meu MQT já disse que a analogia está bem feita eheheheh
  • Imagem de perfil

    Sofia 07.06.2016 12:07

    Eu li, será que ele vai seguir? Hehe
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.