Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Língua Afiada

Irritações – tudo faz falta até açúcar!

Oh mentes desvairadas, desinformadas, retrógradas, atrasadas e estúpidas* quem é ainda acredita que o açúcar processado e adicionado artificialmente faz falta?!

* Desculpem os insultos mas se estas mães têm tempo para comentar posts de treta nos grupos de mães, também têm tempo para abrir o Google e pesquisarem sobre o que o açúcar faz ao nosso organismo.

A propósito de uma pergunta sobre se aconselham dar ou este composto lácteo da Cerelac:

media.jpg

Hoje li isto “ Açucar para ter força” – com direito a erro ortográfico e tudo.

Numa alimentação diversificada e em conta, peso e medida não faz mal nenhum, só faz é bem. Necessitamos de tudo para viver. As bebidas gaseificadas, mc donalds, molhos, fritos também fazem mal e no entanto também comemos

Pela lógica desta mãe vamos lá dar tudo e mais alguma coisa às crianças porque o argumento é “também comemos”, só que nós escolhemos o que comemos e um bebé come aquilo que lhe oferecem, não escolhe.

A situação só piora quando percebo que há bebés com 5 meses a beber isto, quando na embalagem diz a partir dos 6 meses, a desculpa? A pediatra disse que não fazia mal. Fico na dúvida se a pediatra sabia qual era o produto ou se disse que sim porque já sabia que a mãe a ia ignorar, uma mãe que lê numa embalagem a partir dos 6 meses e espeta com o produto a um bebé de 5 meses deve dar a mesma importância à pediatra que dá às recomendações do produto.

E depois a quantidade de mães que dizem que os filhos adoram! Pois claro que adoram é extremamente doce, quem é não gosta de um docinho.

Isto mexe-me com os nervos, mexe porque sei que terei imensa dificuldade em controlar o que os outros dão à minha filha, já falei com a ama para não lhe dar nada com açúcar, mas claro que já provou bolacha Maria.

A ama da minha filha teve exatamente a mesma resposta, que precisamos de tudo até de açúcar, revirei os olhos, respirei fundo e expliquei-lhe que não precisamos de açúcar adicionado, mas sim dos açúcares naturalmente presentes nos alimentos. Para já acho que não vai inventar, mas terei de estar vigilante pois tenho a certeza que não terá problemas em dar-lhe alimentos doces quando for mais velha.

Um drama, parece que estamos constantemente a lutar contra a sociedade quando na verdade só queremos o melhor para os nossos filhos, e é efetivamente o melhor, está completamente desaconselhado dar açúcar a um bebé, especialmente até a 1 ano de idade, se conseguirmos prolongar até aos 2 anos, melhor ainda.

Sinceramente não sei o que estas pessoas têm na cabeça, dar bebidas com glúten antes dos seis meses? Substituírem leite materno ou de fórmula por um composto de leite com bolacha Maria?

Não venham com a desculpa de que se não são saudáveis, não deveriam estar à venda, como também li como desculpa, como se as pessoas fossem obrigadas a comprar e não tivessem oportunidade de ler os rótulos, é fácil sermos enganadas, mas podemos estar atentas, também comprei iogurtes naturais com sacarose, mas não volto a comprar.

Nos supermercados encontramos um pouco de tudo e não é por isso que tudo é recomendável, no caso dos alimentos para bebés deveria existir mais controlo, pelo menos nos alimentos dados a partir dos 6 meses.

Há uma marca de iogurtes para dar a partir dos 6 meses que tem sacarose e não deveria ter, devemos ser mais exigentes e recusar essas opções, as marcas, acreditem, vendem o que queremos comprar e não o contrário.

Sejam conscientes e se não se sentem capazes de avaliar os produtos falem com os pediatras, não peçam opiniões em grupos.

 

3 comentários

  • Imagem de perfil

    Psicogata 17.01.2020 14:10

    Há crianças que têm problemas com a comida, não sei se será o caso, mas se é também não é correto dar-lhe batatas fritas!
    O problema é que os pais optam muitas vezes pela opção mais fácil, não come comida, come a sopa, dá trabalho levar a papa para fazer, leva-se algo já pronto, acredito que muitas vezes seja por falta de tempo, eu bem sinto as dificuldades da gestão familiar desde que a minha filha começou a comer sopa e agora que estou a introduzir outros alimentos complicou ainda mais e ela come bem, nem quero imaginar quem tem bebés que se recusam a comer.
    Mas acaba por ser negligência, dar um pacote de batatas fritas de lanche a uma criança é muito mau, especialmente em idade de creche.
    O problema é que mais tarde serão eles a pagar os erros dos pais e isso entristece-me.
    Beijinho
  • Imagem de perfil

    amarquesademarvila 17.01.2020 14:19

    Exacto! Talvez não me tenha explicado bem. Percebo que a criança possa ter problemas para comer, havia até quem falasse em dificuldade em engolir, o meu comentário não foi nesse sentido. O meu comentário foi no sentido de a mãe, e toda a gente, achar normal aquele menino de 2 anos comer batatas fritas, bolachas e outras porcarias de que não me recordo...
    Eu mesma tive a minha filha mais nova que passou por fases terríveis de não querer comer... mas lá está, com esforço ultrapassámos. Jamais substituímos a sopa e a refeição por papa, ou iogurtes, ou leite e muito menos por batatas fritas ou bolachas. Não é fácil! Ela chegou a comer sopa ao pequeno almoço (a mando da pediatra. Era, no caso dela, mais importante comer a sopa do que papa ou leite). A logística é complicada e o desespero também, mas não é por isso que será legítimo substituir as refeições por bolos e bolachas, como muita gente faz.
    Beijinho
  • Comentar:

    CorretorMais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.