Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Língua Afiada

Mestrado em sapatilhas

Quero comprar umas Adidas já tinha falado sobre o assunto aqui.

Esperar pelos saldos é grupo, os modelos mais in basicamente não entram em saldos, pelo menos em Portugal.

Entretanto andava a estranhar as diferenças de preços que me apareciam, leiga, não entendo nada de sapatilhas, não estava propriamente a entender as diferenças de preço.

 

Observadora já tinha percebido que nem toda a gente trazia nos pés sapatilhas com a mesma aparência, mas com tanta contrafação até achei que andavam a comprar as sapatilhas na feira e por isso é que umas pareciam bem melhores do que outras.

Para meu espanto entro numa loja, pego num modelo adidas superstar, olho com atenção para material e acho-o suspeito, toco não se sente como pele, cheiro, não cheira a pele, vejo o preço, é preço de calçado de pele, achei estranho mas como a loja em questão não tinha praticamente quase modelos nenhuns, pensei: - Tenho de ir à loja da adidas se quero ter escolha.

 

Fui deixando passar o tempo e lá me decidi este fim-de-semana a fazer uma incursão nesse mundo mágico (nope) das adidas.

Ele é sapatilhas para todos os gostos e feitios, até vi edições especiais do Pharrell Williams, tudo o que vocês possam imaginar. Finalmente selecionei o modelo que quero, decidi-me pelo Adidas Superstar há um sem fim de possibilidades, o céu ou o tamanho da sapateira (orçamento) é o limite.

A escolha é tanta que até está direcionada para todas carteiras com os modelos J a 54,90€ e 59,90€ aos modelos W a 99,90€, existindo ainda os 80’s a 110,00€ e outros a 129,00€.

E porque é que eu achava que uns modelos eram melhores do que outros? Porque para meu espanto as superstar J não são pele! Pois é custam 60€ mas não são pele, são uma espécie de pelica!

 

Dar 60€ por umas sapatilhas já me faz cócegas por umas que não são pele então é para esquecer, ah e tal têm qualidade, não me venham com histórias não é a mesma coisa, se fosse o preço seria o mesmo, porque a pele sintética de qualidade é caríssima!

Não comprei, aliás nem sequer tinham o modelo que queria no meu número, além disso tinha a certeza que as conseguia mais em conta online. E conseguia, é claro que conseguia se vivesse no Reino Unido!

Estou a pensar seriamente em marcar uma viagem a Londres para comprar as sapatilhas, a diferença de preço até dá para o bilhete de avião, é tudo uma questão de matar dois coelhos com uma cajadada. Isso ou arranjar alguém que me disponibilize uma morada para as receber e depois mas envie de volta, tudo antes do Brexit que depois sabe-se lá o que poderá acontecer.

 

Nunca pensei que fosse tão complicado comprar umas sapatilhas, mas como gosto de saber o que compro faço sempre uma investigação a sério do tema, posso dizer que tirei assim um mestrado via Internet em Adidas Superstar.

A Mestre em Adidas Superstar e afins.

Psicogata

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Psicogata 31.01.2017 14:37

    Não tenho de comprar de marca, aliás nunca comprei de nenhuma dessas marcas a não ser para fazer desporto, mas gosto mesmo do modelo, só que não gosto do preço, especialmente quando sei que as consigo muito mais em conta noutros países.
    Por saber que estou a pagar um conceito é que me custa ir à loja de dar 100€ por elas, é o que custam em Portugal, mais depressa dou esse valor por umas botas made in Portugal sem marca.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.