Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Língua Afiada

Moda portuguesa porque que és tão elitista?

Entendo o apelo de criar uma marca de luxo, cara, requintada, com produtos de qualidade, é mais fácil vender o conceito, inspirar e sobretudo fazer com que seja desejável, mas para isso não basta dizer que é 100% portuguesa, que usa materiais de alta qualidade e colocar-lhe um preço altíssimo.

Há um sem fim de marcas de vestuário, quase todas recentes, que se posicionam no segmento de preço médio-alto, não sendo produtos de luxo são produtos caros, mas quase todos de baixo valor percebido e sem qualquer estratégia de marca.

São marcas criadas para vender fora de Portugal, não têm mercado aqui onde os preços impedem que a maioria dos consumidores adquiram as suas peças, mas será que conseguem vender no exterior? Custa-me a crer que consigam uma boa penetração no mercado, pois não são assim tão diferenciadoras, tão inovadoras como querem parecer.

É tentador seguir o exemplo da indústria do calçado, mas até para copiar uma estratégia é preciso entender como funciona, a grande vantagem competitiva do nosso calçado para além da qualidade óbvia é o design, os sapatos dentro dos diversos estilos são bonitos, são inspiradores, são desejáveis.

O mesmo não se passa com a maioria das marcas de vestuário, demasiado simples, demasiado iguais às lojas de fast fashion, há claramente um desfasamento entre o preço e a vantagem percebida.

Isto pode ser só a minha opinião mas, pessoalmente, se vou investir 400€ num casaco não pode ser num modelo idêntico a um que está à venda na Zara por 120€.

O segmento de preço médio-alto é o segmento mais perigoso de todos, o mais difícil, não sei porque insistem todas em posicionar-se neste nível de preços.

Encontrar uma marca de vestuário portuguesa para vender em Portugal a preços que os portugueses comprem é quase impossível.

11 comentários

  • Imagem de perfil

    Psicogata 15.11.2017 12:00

    A posicionarem-se corretamente e já agora a criar linhas para Portugal, é parvo os portugueses não terem dinheiro para comprarem produtos portugueses.
  • Imagem de perfil

    Moralez 15.11.2017 12:10

    A verdade é que estamos habituados a comprar roupa à preço de saldo no dia que a torneira fechar, vai ser complicado comprar roupa... Pq o valor vai dobrar e em alguns casos triplicar...
  • Imagem de perfil

    Psicogata 15.11.2017 12:20

    Acho que o problema é mesmo o nosso poder de compra que é cada vez mais baixo :(
  • Imagem de perfil

    Moralez 15.11.2017 12:26

    Também é... Mas não vejo forma de as coisas mudarem... Aqui em Portugal há trabalhadores de primeira e de segunda...
  • Imagem de perfil

    Psicogata 15.11.2017 12:31

    O pior é que são quase todos de segunda... nem sequer esta dividido.
  • Imagem de perfil

    Moralez 15.11.2017 12:44

    Olha que não...
  • Imagem de perfil

    Psicogata 15.11.2017 12:46

    Há uma discrepância muito grande entre o topo e a base, esse é o maior problema, a base é grande e no topo existem poucos.
  • Imagem de perfil

    Moralez 15.11.2017 12:53

    Exatamente isso... E a base está cada vez mais na base.
  • Imagem de perfil

    Psicogata 15.11.2017 14:01

    Há um fosso muito grande que não ajuda ao país a desenvolver, riqueza acumulada não ajuda.
  • Imagem de perfil

    Moralez 15.11.2017 14:10

    Pois não... O problema é que quem manda ta no topo...
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.