Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Língua Afiada

Morning people, I envy you.

Ter mau acordar é talvez o meu maior defeito, especialmente quando por norma sou uma pessoa muito bem-disposta, há por isso uma diferença muito grande entre o meu humor quando acordo e quando me deito.

Quando acordo não gosto que falem comigo, muito menos que me façam perguntas ou que me relembrem de tarefas ou responsabilidades, isto piora quando acordo com despertador e não porque o corpo assim o quis, ou seja, de segunda a sexta tenho mau acordar e às vezes também ao fim-de-semana.

Não preciso de muito tempo, uns minutos de silêncio e paz são suficientes para depois de acordar despertar, dois verbos diferentes e com significados muito distintos, porque estar acordada não significa que esteja desperta, raramente as duas coisas acontecem em simultâneo, primeiro acordo e depois vou lentamente despertando.

 

Gosto de acordar e ir fazendo a minha rotina lentamente à medida que o meu cérebro vai ganhando consciência que estou acordada, de manhã faço praticamente tudo em piloto automático, mesmo a viagem de carro para o trabalho, aliás é durante a viagem que vou despertando e formulando um sorriso com uma música, com uma piada, a menos que apanhe idiotas pelo caminho chego ao trabalho bem-disposta.

Confesso, eu que sempre afirmei não ter inveja de ninguém, menti, invejo as pessoas que acordam bem-dispostas e cheias de energia, tenho uma pessoa dessas a acordar ao meu lado, o suplício que é, juro, juro faço um esforço, mas é impossível acordar concentradíssima em tudo como ele acorda.

Não sei se sinto pena de mim ou se pena dele, que tem que levar com respostas monossilábicas a questões importantes, lamento mas o meu cérebro não dá para mais.

 

Este meu mau acordar tem um motivo simples, não gosto de horários, nunca gostei de ser obrigada a fazer fosse o que fosse e por isso o facto de ter um horário a cumprir é contranatura para mim, porque quando estou de férias e na maioria dos fins-de-semana não tenho mau acordar, basta acordar quando o corpo pede para o meu despertar ser completamente diferente.

Devo dizer que o tempo também tem influência, se estiver sol e calor não só acordo com mais energia como desperto mais depressa, é frequente até acordar antes do despertador, o que me leva a pensar, tenho pensado nisso muitas vezes, que vivo no local errado, há qualquer coisa a correr-me nas veias que me chama para o calor, há qualquer coisa na chuva e nos dias cinzentos que me magoa, que me fero o espírito.

 

Sinto-me muitas vezes deslocada, sempre pensei que fosse na época, mas cada vez mais sinto que é no local, a minha própria forma de ser não condiz com esta terra e se quando saio gosto de regressar, é bem verdade que quando estou longe não sinto saudades.

Não detesto as manhãs, apenas aquelas em que o tempo cinzento não convida, mas invejo quem apesar do tempo acorda sempre com energia e um sorriso nos lábios, quem sabe um dia quando estiver a viver nos trópicos passa acordar também eu todos os dias a sorrir.

4 comentários

  • Imagem de perfil

    Psicogata 06.03.2018 11:53

    São rotinas, não gosto que interfiram com a minha ou que me façam perguntas, fico logo irritada.
  • Imagem de perfil

    Sofia 06.03.2018 12:18

    Tal e qual, eu giro o meu horário com o do meu trabalho, não com o das outras pessoas!
    Ele sabe que sou pontual e detesto chegar atrasada, chego sempre 20 a 15 minutos antes.
  • Imagem de perfil

    Psicogata 06.03.2018 12:22

    Isso da pontualidade já não é bem o meu mundo, depende do evento :)
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.