Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Língua Afiada

Não se faça bandeira do Racismo

As acusações do Ministério Público (MP) aos 18 agentes da PSP da Cova da Moura não são graves, são gravíssimas. Ainda mais grave é ter existido previamente um inquérito da Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) que é completamente contrário às conclusões do MP.

 

Não menos graves são as reações que esta investigação despertou, de um lado os que acreditam que todos os agentes da autoridade abusam da autoridade e do outro os que defendem que só com violência se controla a violência e ainda os que agoiram um plano da esquerda para terminar com os agentes das autoridades.

 

Em primeiro lugar violência não justifica violência, se nos locais mais problemáticos é preciso ter algum jogo de cintura para atuar, também é verdade que se as autoridades entrarem a matar só pioram a situação e perpetuam as agressões mútuas.

É neste ponto que tem de existir uma diferença entre um agente de autoridade e um meliante, o agente tem uma responsabilidade acrescida, tem valores a defender, regras a cumprir, se a autoridade não dá o exemplo, o que esperar dos outros?

 

Em segundo lugar alguém acha plausível o MP fazer tão graves acusações sem fundamento? Não nos podemos esquecer que estamos em Portugal onde se acobertam os crimes de amigos e se cobram favores para que a culpa morra solteira.

 

Contudo estas acusações não legitimam ataques a todos os agentes de autoridade, agentes que zelam pela nossa segurança, pela segurança do país e que trabalham muitas vezes sem condições arriscando a vida.

O mesmo se passa com a raça negra, existirem delinquentes de raça negra não nos dá legitimidade de os acusar a todos de criminosos, não esquecendo que independentemente da raça, etnia e credo o comportamento é moldado pelo local que crescemos, pelos exemplos que temos e pelas influências que sofremos.

 

Estas acusações são um sinal que em Portugal nem tudo está mal, acredito que a nossa Justiça está lentamente a mudar, a cortar os cordelinhos com os poderes instalados e a investigar assuntos e pessoas antes intocáveis.

Não é uma questão de luta de classes, não é uma questão de racismo, é uma questão de justiça.

Racismo é crime e é bom que as pessoas entendam isso, seria bom também que alguém punisse os comentários discriminatórios e racistas que proliferam nos comentários das notícias.

É vergonhoso perceber que ainda existem pessoas carregadas de ódio e raiva motivados apenas por uma cor exterior, quando sangramos, sangramos todos da mesma cor, somos todos iguais a imagem refletida é que é diferente.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.