Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Língua Afiada

O ano do Galo (Trump)

Hoje, sobe ao poleiro Donal Trump, o galo mais famoso do mundo.

galo-trump.jpg

 

Dias antes do início do ano do galo na China, Trump inicia o seu mandato como Presidente dos EUA, é um dia triste para o Estados Unidos da América e para o mundo e um dia feliz para as galinhas.

 

A sua dona galinha está mais para galinha depenada pois não há quem a queira vestir.

 

Na cerimónia espera-se um coro galináceo desafinado, já que não houve artista de renome que quisesse entoar a viva voz o hino nacioanl The Star-Spangled Banner.

 

Na capoeira, a julgar por este vídeo, espera-se confusão já que se antecipa uma fuga da dona galinha.

 

Está ainda prevista uma fuga maciça de galináceos, especialmente dos polhos hermanos, que desertam a qualquer momento antes que o muro os impeça de dar asas ao sonho americano.

 

E como se mata um galo?

Com uma galinha!

Não acreditam vejam o vídeo:

 

6 comentários

  • Imagem de perfil

    Psicogata 20.01.2017 18:06

    Gostava de estar tão confiante como tu, mas não estou.
    Primeiro porque não acredito que não deva favores e segundo e porque não confio nele.
    Mas acima de tudo não gosto do que ele representa e por mais que ele até prove não ser tão mau quanto se julga, não me inspira credibilidade, confiança e idoneidade.
    Defende demasiadas coisas erradas.
  • Imagem de perfil

    Andy Bloig 20.01.2017 18:19

    Estás a esquecer-te do ponto mais importante... e que é a razão para ele já ser o presidente americano: confias no que te disseram e nas análises que outros fizeram de coisas que ele disse.
    Ele foi eleito porque muitos americanos desconfiaram dos pareceres dados pelos especialistas e opinadores.
    No mundo empresarial, se deves favores a alguém, não duras tempo nenhum. Naquele nível é matar ou morrer. Não existe ponto intermédio, tal como acontece com todos nós.
    E, não sigas logo a parte das bacuradas que ele disse. Lembra-te que o gajo não é político. Nunca precisou de andar 6000 horas a estudar a linguagem do politicamente correcto. Daí que exagera na forma de se exprimir... como qualquer um de nós faz quando está entre amigos.
    Mesmo nas coisas más, há coisas que tem razão: nos últimos 40 anos, a NATO é 90% os EUA e o resto dos membros cobrem as falhas. Tens a Europa, onde os atentados tem mostrado que os militares estão em falta. Na Bélgica colocaram jovens da recruta a patrulhar as ruas, porque não tinham militares suficientes. Na França tiveram de chamar mais de 1000 soldados de vários sítios internacionais, para ajudarem na protecção do país. O gajo pode ter mandado bocas que são de maneira extrovertida mas, são verdadeiras.
  • Imagem de perfil

    Psicogata 20.01.2017 18:30

    Andy, o homem é um bronco machista e xenófobo.
    Achas mesmo que é preciso ler análises ou notícias para não gostar dele? Basta ler a conta de twitter dele.
    As análises se procurarmos com olhos isentos até lhe são favoráveis.
    Mas ele, enquanto pessoa não vale nada e o que defende, estou a falar de valores base vão contra o que eu acredito.
  • Imagem de perfil

    Andy Bloig 20.01.2017 20:22

    Chama-lhe fala barato e tens justificação para isso. Já viste que os que lhe chamam tudo, atacaram a polícia e tentaram deitar fogo a várias lojas na cidade? Estão a dar razão a quem votou nele e os grupos apoiantes dos outros lados, estão a dar razão ao que o gajo sempre disse (de maneiras estúpidas sim... não esconde ideias).
    O tipo é um bronco. Vais ver que este fim de semana ainda vai mandar uns tweets, a partir de segunda-feira acalma, porque passa a ter várias pessoas a organizar as palavras e os serviços secretos a controlar boa parte do que chega cá fora.
    Já conseguiu resultados antes de assinar o papel. 4600 milhões de dólares a menos no contrato dos F35, 900 milhões a menos nos 2 novos Air Force One, mais de 23000 empregos que estavam previstos para irem para outros países regressaram a casa. Só que não vais encontrar essas notícias nos destaques ou nas mais faladas... Surgiram e foram engolidas por milhares de notícias baseadas em declarações de uma senhora que, supostamente, o Trump beijou e apalpou há 13 ou 14 anos atrás e só há uns meses se lembrou disso.
  • Imagem de perfil

    Psicogata 20.01.2017 22:18

    É claro que ele não fará tudo de mal, mas daí a simpatizar com ele vai uma distância gigantesca.
    Não concordo com a postura dele e uma pessoa com os ideais dele chegar ao poder é um exemplo perigoso.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.