Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Língua Afiada

O real perigo de Donald Trump

8e619f2d6a15c3ca99daf87ad4529dfa.jpg

 

Donald Trump a par com a tensão entre os Estados Unidos e a Rússia deve ser o assunto mais preocupante da atualidade, especialmente se pensarmos que Donald Trump poderá vir a estar associado a essa tensão em breve.

A maioria das pessoas vê Donald Trump como um fanfarrão que pode ou não vir a ser o presidente dos Estados Unidos, mas não dá grande importância porque ele vai governar um povo que está do outro lado do oceano e porque ele até nem manda nada sozinho, veja-se o caso do presidente Obama que foi condicionado pelo Senado e pela Câmara dos Representantes

Só que há um detalhe, um detalhe de extrema importância, o presidente dos Estados Unidos é também o Chefe Supremo das Forças Armadas do país.

Isto poderia não ser preocupante se o presidente não tivesse autonomia neste campo, mas tem, embora não possa declarar guerra pode destacar tropas para onde quiser e bem entender. O que está aqui em causa é ter-se uma pessoa com poder de largar uma bomba nuclear ou uma arma química que tem um discurso xenófobo e racista.

O presidente dos Estados Unidos tem também poderes alargados no que toca à diplomacia, como é que alguém que destrata povos e comunidades pode ser o mais alto diplomata de um país que se apelida de livre?

A verdade é que se os Estados Unidos não mereciam Barack Obama, o mundo não merece Donald Trump.

Hillary Clinton está longe de ser uma escolha consensual, mas claramente aqui a frase de mal o menor aplica-se com toda a clareza, não podemos cair no erro de escolher Trump porque Clinton representa uma série de coisas más e instituídas, quando Trump é um ser irascível, intratável e francamente míope e perigoso.

O descontentamento com o poder não pode, nem deve justificar a eleição de uma pessoa despreparada, com princípios e valores desalinhados com os da própria Constituição do país.

Que o povo norte-americano não preza pela inteligência todos estamos cansados de saber, mas poderá a sua ignorância chegar a tanto?

Espero sinceramente que não, o mundo já está complicado o suficiente e o que menos necessitamos é de uma guerra que resulte de uma implicância ou demonstração de poder de uma criança mimada e egocêntrica que por azar é rica e influente.

Convenhamos que a crise financeira do Ocidente, a ansiedade da Rússia em ter relevância e a instabilidade no Médio Oriente são ingredientes mais do que suficientes para se justificar uma guerra.

A grande questão é se o Planeta sobrevirá a mais uma guerra?

Os grupos que têm capacidade para destruir, são os mesmos que têm capacidade para reconstruir, esperemos que tenham consciência que se não existirem pessoas não é possível reconstruir seja o que for.

E espero que tenham consciência do perigo que é ter Donald Trump como presidente de uma potência e que o travem antes que seja tarde demais porque as declarações dele só têm piada porque são hipotéticas se forem reais perderão toda a graça e só causarão desgraça.

3 comentários

  • Imagem de perfil

    Psicogata 19.10.2016 11:50

    Podem parecer-te irritantes mas são importantes, muito mais importantes do que a maioria das pessoas pensa e é pena que as pessoas não lhes prestem a devida atenção.
  • Sem imagem de perfil

    musiquinhas 19.10.2016 11:53

    Pois,nesse caso,eu também concordo contigo,há notícias de política super importantes,no entanto,há muita gente que não quer saber disso para nada,absolutamente nada,o que me deixa num estado de revolta imenso,mas,enfim,como eu costumo dizer,cada um lá sabe de si!!
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.