Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Língua Afiada

Odeio incompetência

Se há coisa que me tira do sério é deparar-me com pessoas incompetentes, a culpa não é verdadeiramente delas, mas de quem as contrata, acredito que todas as pessoas podem ser úteis na sociedade em diferentes lugares e funções, mas ninguém tem de as aturar nos locais e nas funções erradas.

Este desculpabilizar das pessoas e da sua desresponsabilização é um ciclo vicioso e interminável que perpetua a sua incompetência e consequentemente os maus resultados das empresas onde trabalham.

Este é um dos graves problemas de Portugal, onde as pessoas erradas exercem as funções erradas, esta situação começa na senhora que limpa o WC à gestão e atravessa toda a hierarquia das empresas.

Receber um cliente ou parceiro que ao ver-se obrigado a utilizar as instalações sanitárias da empresa e se depara com uma sanita imunda está ao nível de chegar à empresa para uma reunião com um diretor e esse ainda não se encontrar sequer na empresa.

Mas pior do que serem incompetentes é não terem a hombridade de admitirem que cometeram um erro, isso é coisa para me tirar do sério.

 

Isto a propósito do pedido de assistência que relatei aqui, nem queria acreditar no desfecho da situação.

Finalmente ligaram a marcar, desta vez outra pessoa, qual não é o nosso espanto quando informam que não podiam avançar com o pedido porque não tinham a informação necessária como a cópia da fatura, morada e uma foto do aparelho. Disseram mesmo que não sabiam se era uma assistência em garantia ou fora de garantia.

Ainda bem que falou com o Moralez, porque se tivesse sido comigo juro que não iria conseguir manter a calma, ora vamos por partes:

- A primeira coisa que disse quando fiz o primeiro telefonema: quero solicitar uma assistência em garantia.

- A segunda? Informo o meu nome, loja onde adquiri o produto e morada.

Tudo certo iriam ligar a marcar, inclusive chegou a informar que deveria ser na terça-feira seguinte, mas que ligariam a confirmar.

 

4 ou 5, que já perdi conta, telefonemas depois o que é que nos perguntam?

- É em garantia? É que se não for têm de pagar a deslocação antecipadamente.

- Se é em garantia têm de enviar cópia da fatura e foto do produto.

 

Não sabiam se era ou não em garantia, faltava informação mas esteve quase marcada a visita.

Isto tudo com um número de processo atribuído, ou seja, sempre que falavam connosco sabiam qual era o caso.

Eu não acho isto normal, aliás eu acho isto surreal de tão mau que é.

Estou só à espera de ver a situação resolvida para apresentar uma reclamação à marca, porque direta ou indiretamente são eles que dão a cara pela marca e tenho a certeza que não é esta a imagem que querem transmitir.

A fulana é tão ignorante, está tão alheada de todo o procedimento, tão mal-educada e incompetente que deveria ser proibida de falar com clientes.

Isto é só um exemplo no meio de milhares com que nos deparamos no dia-a-dia de pessoas ridiculamente incompetentes e irresponsáveis, uma situação que me faz ferver, mas que lamentavelmente é tão comum que é quase rotina.

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.