Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Língua Afiada

Pausa para pensar na vida #2

Está a terminar mais um dia de trabalho e questiono-me porque tenho esta mania de procrastinar o que é importante?

É sempre nas últimas horas da jornada de trabalho que faço as coisas mais importantes, depois do horário de saída, no silêncio, 10 minutos valem mais do que 60, esses preciosos 10 minutos sem ruído e sem chamadas, como gosto de trabalhar na quietude do final da tarde, embora o céu azul convide a sair ao toque do ponto deixo-me sempre ficar por mais uns momentos, faço uma pequena revisão do dia e preparo o dia seguinte.

Estes instantes facilmente passam de 10 para 30 minutos, há uma espécie de motivação extra porque me sinto mais produtiva, algo que tenho de contrariar pois lá fora ainda me esperam umas horas de luz que devem ser preenchidas com lazer.

Esta semana sinto-me particularmente cansada, devido às alergias e às constipações não temos dormido bem, todos os dias ou ele me acorda ou eu o acordo a ele, já não sei se o peso que sinto nos olhos é sono ou sintoma da alergia.

Só espero dormir a noite completa para começar a recuperar energias para o fim-de-semana que promete sol e uma temperatura amena. Aproveitar todos os pequenos momentos tem sido o meu plano para estes dias mais quentes e solarengos, afinal, como costumo dizer, a felicidade é feita de pequenas coisas.

11 comentários

Comentar post