Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Língua Afiada

Pausa para pensar na vida #3

Tem sido impossível ter tempo para todas as coisas que gostaria de fazer, não se trata de definir prioridades, a prioridade é sempre o trabalho e quando o tempo escasseia é para ele que todo o tempo disponível é canalizado.

Não obstante, há situações que não podemos descurar, os momentos de lazer em família e com os amigos preenchem todas as horas vagas, até os meus preciosos momentos de “shutdown” como lhes chamo, têm sido deixados para segundo plano, não há tempo para desligar o cérebro a ver uma série ou a ler um livro.

Tenho umas quantas listas de tarefas e projetos para executar, mas as pequenas situações têm-me ocupado precioso tempo de decisão e ponderação, tempo que necessitava para desenvolver trabalho que exige concentração e dedicação.

Este blog tem sofrido com as minhas ausências frequentes, odiaria deixar morrer este projeto, mas tenho adiado constantemente as mudanças e as ideias que tenho para este espaço, se há dias em que não há tempo para escrever, há dias em que não me apetece, em que nenhum tema me surge, o que conhecendo-me como conheço é mau sinal, só pode significar duas coisas, falta de interesse ou tristeza, talvez seja um misto das duas situações.

Deixar de escrever por falta de tempo é natural, deixar de escrever por falta de paixão é mau, mas os objetivos, estados de espírito mudam e se este blog teve sentido, talvez possa estar a deixar de ter.

Só o tempo o dirá, quem sabe um dia acordo com renovada vontade de escrever.

Quem sabe se esse dia será amanhã.

Tenho esperança que sim.

 

 

 

7 comentários

Comentar post