Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Língua Afiada

Porque é importante festejar o Dia da Mulher

“O fosso salarial entre homens e mulheres cresceu 4,6 por cento entre 2011 e 2016” em Portugal contrariando a média europeia.

Em Portugal os homens gastam 8 horas por semana em tarefas domésticas, ao passo que as mulheres gastam 21. Também nos cuidados familiares, como o cuidado com os filhos, a divisão de tarefas não é equilibrada. Eles despendem 9 horas por semana, enquanto elas gastam 17. Dados de 2014.

O World Economic Forum alerta: paridade económica só em 2133.

Até existir essa igualdade e outras é preciso continuar a assinalar o Dia Internacional da Mulher, mas não envergonhando as mulheres que lutaram pelos nossos direitos, não a agir como histéricas em debandada em jantares duvidosos reafirmando estereótipos.

As mulheres nunca conquistarão a igualdade a não ser que os homens assim o desejem, o que sinceramente não me parece vir a acontecer, é muito mais conveniente para eles que exista desigualdade, as mulheres nunca conquistarão a igualdade pelo simples facto de não se unirem e lutar por ela.

As mulheres nunca conquistarão a igualdade enquanto centrarem a sua vida nos homens, paparicando-os, correndo atrás deles, inferiorizando-se, pedinchando atenção, sem qualquer réstia de amor-próprio.

O mais difícil já foi conquistado, o direito ao voto, a independência financeira, o direito de pensar pela própria cabeça, agora só falta o mais difícil mudar a mentalidade de vassalagem aos homens e especialmente educá-los para serem homens e não machos e educar as mulheres para serem mulheres e não esposas e mães.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.