Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Língua Afiada

Porque work não é só workar

Eu gosto muito (menos algumas vezes) do meu trabalho.

Gosto do que faço e gosto da equipa com quem trabalho todos os dias, fora do meu gabinete há de tudo, pessoas para todos os gostos e feitios e algumas de quem ninguém gosta.

Depois há dias assim:

Em que me entregam um rico queijinho amanteigado da serra e uma caixa de bombons.

Dias que percebo que a simpatia e a amabilidade compensam, muitas vezes paro coisas importantes para atender a pequenos pedidos da equipa comercial, mas eles fazem sempre questão de me compensar com pequenos gestos como o de hoje.

E agora temos aqui um cheirinho bom a queijo e a ficar esfomeada.

4 comentários

  • Imagem de perfil

    Psicogata 16.12.2015 11:30

    Às vezes são umas melgas mas depois têm coisas boas destas.
    Vamos ver se o queijo chega inteiro a casa, na hora do lanche será difícil resistir.
  • Imagem de perfil

    Chic'Ana 16.12.2015 11:31

    Hum, eu aposto que o vais querer provar antes de chegar a casa!
  • Imagem de perfil

    Psicogata 16.12.2015 11:40

    Tenho de resistir porque tenho um queijo da serra aberto em casa, mais um quarto de flamengo e ainda um Caprice Dieux que é só a melhor coisa do mundo.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.