Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Língua Afiada

Será a inveja o bruxedo dos nossos dias?

O dia das bruxas já passou, mas elas se existirem, não exercem só durante um dia, uma vez bruxas, sempre bruxas.

Não acredito nas bruxas das fábulas, mas acredito que existem pessoas más, são em maior número que as pessoas boas, há entre os dois extremos uma grande área cinzenta, mas existem pessoas realmente más e pessoas genuinamente boas, embora acredite que as últimas sejam uma espécie em vias de extinção.

 

As pessoas más não estão diante de um caldeirão a despejar poções mágicas e a proferir receitas maldosas, mas congeminam para o mal dos outros com palavras e ações para as prejudicarem, se isto não é ser bruxa não sei o que será.

Sorte a nossa que não têm poderes mágicos e não voam numa vassoura quando são descobertas, sorte a delas que não são exiladas da comunidade ou queimadas numa fogueira.

Apesar de não terem poderes mágicos, de não fabricarem poções e não lançarem feitiços, as bruxas atuais lançam más energias, antigamente dizia-se que era o mau-olhado, o mau-olhado não é nada mais do que despejar sobre algo ou alguém um sentimento mau tão grande que as afeta, já vi plantas secarem de inveja, se a maldade tem a capacidade de matar uma planta, com certeza de terá algum efeito nefasto nos humanos.

 

Existem muitas forças, energias, espíritos o que lhe queiram chamar que não entendemos, mas que sentimos, não todos, acredito que umas pessoas são mais permeáveis do que outros, mais sensíveis ou simplesmente mais atentas.

Não gosto muito de pensar, falar ou escrever sobre este tema, pois quem procura encontra e nem sempre encontramos boas energias ao nosso redor, mas ultimamente tenho pensado mais no assunto.

Quando a vida não corre como o esperado tentamos arranjar algo ou alguém para culpar, faz parte da natureza humana culpar os outros, mitos, crenças e até religiões têm a sua origem no que não conseguimos explicar, fantasiamos o que não entendemos e justificamos o que não conseguimos aceitar.

 

Consciente disso tenho afastado o pensamento deste tema, pois na vida há muita coisa que não se explica, muitos acontecimentos fruto do acaso, muitas consequências que são apenas uma questão de sorte ou azar.

Mas as frases rapidamente evoluíram do acaso para o imaginário.

- Não temos sorte nenhuma.

- Acontece sempre algum imprevisto.

- Deve ser karma.

- Parece bruxedo.

 

E não é que parece mesmo? Tem sido sempre assim, pensamos que reunimos as condições todas, ultrapassamos todos os obstáculos, encontramos soluções, enchemo-nos de esperança e acontece sempre algo que não nos deixa avançar.

Será que existe alguém que nos deseje tanto mal que não nos condicione a vida?

Claro que não, primeiro não acredito que alguém tenha esse poder, segundo não consigo conceber quem nos deseje tanto mal, terceiro isto é só uma tentativa de encontrar uma resposta para uma pergunta que não pode ser respondida.

O meu lado racional sabe que este pensamento é uma fantasia, existem pessoas más que nos prejudicam deliberadamente outras inconscientemente, mas não existe nada capaz de nos condicionar toda vida.

 

Mas e se existir? Talvez isso explique o que sempre ouvi dizer desde criança:

“Não acredito em bruxas, mas que elas existem, existem.”

E vocês acreditam?

Acham que a inveja e a maldade de alguém podem fazer-nos mal?

Será a inveja a poção das bruxas dos nossos dias?

7 comentários

  • Imagem de perfil

    Psicogata 02.11.2017 14:32

    As pessoas com mau astral chamemos-lhe assim nós conseguimos saber quem são, as que me preocupam és que não demonstram... e estou convencida que são cada vez mais.
  • Imagem de perfil

    Moralez 02.11.2017 14:36

    Pois o mal é essas que enganam bem... É complicado, mas cada dia que passa conto com menos gente...
  • Imagem de perfil

    Psicogata 02.11.2017 14:59

    Contamos com menos pessoas e a menos pessoas podemos contar a nossa vida!
  • Imagem de perfil

    Moralez 02.11.2017 15:05

    Mas isso é mau para todos....
  • Imagem de perfil

    Psicogata 02.11.2017 15:07

    Olha contamos com nós próprios e pouco mais, há demasiada competitividade para a felicidade, farei outro post sobre isso.
  • Imagem de perfil

    Moralez 02.11.2017 15:37

    Mas custa-me ver algumas pessoas afastarem-se... E sem razão para isso... Esquecem-se dos outros não sei... Eu não sou assim....
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.