Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Língua Afiada

Os vestidos dos Globos de Ouro

Já é um hábito escrutinar os vestidos da red carpet dos Gobos de Ouro SIC Caras, se este ano ia passar ao lado, a Sofia pediu e eu como gosto muito dela e de vestidos resolvi fazer o habitual post.

Já sabemos que a nossa red carpet não é Cannes, mas não deixa de ser uma red carpet e um bom momento para usar belos vestidos, daqueles que não podemos usar todos dias, nem sequer em casamentos porque não queremos ofuscar a noiva, mas mesmo assim todos os anos temos desilusões, com tanta oferta e figuras capazes de vestir qualquer trapo e brilhar é desilusão atrás de desilusão e este ano não foi exceção, mas também tivemos vestidos bonitos.

 

As que (quase nunca) acertam e voltaram a falhar

2.jpg

Há quem peque por levar tecido a menos, este vestido claramente tem tecido a mais.

6.jpg

Por falar em exagero, demasiados folhos.

18.jpg

Ele é demasiadas riscas, demasiados folhos, mas esta gente resolveu exagerar em tudo?

image.aspx.jpg

A Lucy até para o que nos habituou não está nada mal, mas duas rachas e um decote em V? Não havia necessidade nós já sabemos que ela está em forma, exagero!

 

As grandes desilusões da noite

 

36.jpg

Diana Chaves que nos habituou a looks tão bonitos e sofisticados resolveu usar um vestido tão descontraído que parece que vai não a uma gala, mas uma afther party na praia.

 

32135638_194778844487746_6258266227903299584_n.jpg

Raquel Prates que murro no estômago, é diferente, mas não consigo gostar.

Captura-de-ecrã-2018-05-21-às-11.09.09.png

Oceana não é que estejas mal, mas o vestido é assim um pouco para o tia, merecias algo mais espetacular, mas adoro o cabelo.

 

Os grandes e enormes fails

 7.jpg

Sara Matos achou que o tema seria o mambo só assim se explicam aquelas mangas.

14.jpg

Não, não e não, não é um vestido bonito e o cabelo não ajuda.

19.jpg

OMG que laço é aquele? É mesmo para parecer uma nanny.

21.jpg

Demasiado viúva negra.

24.jpg

Mais do mesmo o que neste caso é mesmo muito aborrecido e com muito óleo.

25 (1).jpg

Dânia este corte imperial não te favorece, dá-te os kg que a depularina te tirou.

26.jpg

Outra vez duas saias? Deve ser promessa.

28.jpg

Alguém que levou à letra a cor azul elétrico! My eyes, my eyes.

29 (1).jpg

Um vestido tipo sereia só resulta se for cintado, assim parece só um caso de veludo com escamas.

mg_0729 (1).jpg

Sarita demasiada informação, um fato de renta não é muito bonito, mesmo que tapes o rabiosque com meia saia.

mg_0512.jpg

E o pior da noite é este casal, pior do que isto é quase impossível.

 

Os vestidos que gostei

 3.jpg

Não é um assombro, mas não é feio e fica-lhe bem, melhor do que inventar e dar tiros aos lado.

8.jpg

Este Elie Sab dá-me vontade de o levar dar uma voltinha, mas falta-lhe qualquer coisa para ser espetacular.

10.jpg

Não consegui ver a parte da frente do vestido, mas o padrão e as cores são giros.

11.jpg

Palavras para quê? Quem sabe, sabe.

15.jpg

Custódia Gallego a mostrar que não é preciso inventar muito.

32.jpg

Não está espetacular, mas ela é tão fofinha que fica bem em qualquer coisa.

 

35.jpg

Simples e eficaz, só subia um pouco o decote.

captura-de-ecracc83-2018-05-20-as-23-47-35.jpg

Carolina com essa silhueta podes vestir qualquer coisa.

 

Os queridinhos da noite

 

 4.jpg

A Raquel como sempre impecável, gosto muito da cor e da simplicidade do vestido, cuja graça é dada apenas pelo tecido.

5 (1).jpg

A Sofia não fez por menos e de branco arrasou, aquele acessório ao lado também ajuda.

17.jpg

Há a Cláudia Vieira e depois há o resto, tem sido assim e parece-me que continuará a ser.

 

A revelação da noite

30.jpg

Não é a Victoria Guerra, é mesmo a Mariana Pacheco que estava linda de morrer.

A actriz perdeu bastante peso e num vestido bastante simples com um corte intemporal para mim ganhou a noite.

Street Style - Exemplos a seguir ou de fugir

Duas coisas se perderam com a evolução dos tempos a classe e elegância das mulheres e o charme e cavalheirismo dos homens, sinal dos tempos, evolução natural, vontade de cortar com o passado, a verdade é que olhando para a moda do passado dos dourados anos 20 até aos anos 70 a moda tinha imenso glamour depois vieram os anos 80 e o glamour deu lugar às purpurinas e ao predomínio das licras e dos poliésteres, tecidos do demo.

 

Já há muito tempo que as tendências não me seduzem, mas pesquisando bem ou vasculhando bem as lojas lá encontramos opções mais básicas, clássicas e menos datadas, pode ser um verdadeiro desafio, por exemplo, encontrar uma boa t-shirt branca que não pareça um saco e que não diga o nome da loja ou marca.

 

Se sempre achei que no passado as mulheres se vestiam melhor, desde que tenho visto a série Timeless, que aproveito para recomendar, não é uma La Casa de Papel, mas vê-se muito bem, na série os protagonistas saltam no tempo e aterram em diversas épocas no passado, o fantástico guarda-roupa é um ponto a favor da série e desde que sigo esta saga que tenho confirmado que ao longo do tempo perdemos um requinte que nos favorecia tanto.

 

É claro que ainda existem bons exemplos, verdadeiros ícones de estilo e classe, mas tenho cada vez mais dificuldade em encontrar essas mulheres, porque ou encontramos contas de instagram onde o vulgar e coleante são a palavra de ordem ou encontramos uns pavões coloridos traçados com vespas e zangões.

 

Parece que no Inverno e na Primavera o que é bom é camadas, sobreposições, padrões e coisas que firam as vistas, quanto maior for a mistura melhor, vale tudo, nada temam podem misturar as peças menos improváveis é garantido que estarão na moda.

 

Fui espreitar o site Style do Monde para me inspirar e tudo o que consegui foi um guia do que não usar.

Se estes são os exemplos a seguir? Não quero imaginar os que não devemos seguir.

Penso que há um concurso só para as hit girls de traje mais absurdo, eu resolvi dar uma ajuda ao júri e reuni aqui os melhores coordenados candidatos ao título – Demorei cinco horas a vestir-me, mas parece que só escolhi peças ao acaso e o resultado é esta desgraçada.

 

Ora atentem e depois digam lá qual é o vosso favorito (o que mais odeiam, que não se deixariam fotografar nesses preparos nem por um milhão de euros) para ganhar o concurso.

Ainda falam das red carpets e disto ninguém fala? Falo eu.

 

1 - A do cachecol do sporting

After-Valentino-by-STYLEDUMONDE-Street-Style-Fashion-Photography0E2A2366.jpg

2 - A do casaco chinês

Annabel-Rosendahl-by-STYLEDUMONDE-Street-Style-Fashion-Photography-NY-FW18-20180210_48A4025.jpg

3 - A dos prints e a amiga

Parece que o plástico está moda. Não sabiam?

Caroline-Vreeland-and-Shea-Marie-by-STYLEDUMONDE-Street-Style-Fashion-Photography-FW18-20180222_48A3180.jpg

4 - A do tudo à mistura.

Riscas, flores e padrão tropa no mesmo coordenado quem diria.

Chloe-King-by-STYLEDUMONDE-Street-Style-Fashion-Photography-NY-FW18-20180210_48A5117.jpg

5 - A das meias.

Meias com sandálias só por si é arriscar muito, agora com estas adidas!?

Chloe-King-by-STYLEDUMONDE-Street-Style-Fashion-Photography-NY-FW18-20180213_48A1181.jpg

6 - O casaco do guarda-costas, deve adorar o filme do Kevin.

Christine-Centenera-by-STYLEDUMONDE-Street-Style-Fashion-Photography-FW18-20180305_48A6356.jpg

7 - O casaco da namorado de ir para a neve.

Vi duas com este casaco! WTF?

E o que aquilo ali nas calças ligado aos botins?

Christine-Centenera-by-STYLEDUMONDE-Street-Style-Fashion-Photography-NY-FW18-20180213_48A3018.jpg

8 - A do saco de plástico. Podem copiar, mas  só sacos de marca, Continente e Pingo Doce não vale.

Details-by-STYLEDUMONDE-Street-Style-Fashion-Photography-FW18-20180301_48A3125.jpg

9 - A do chachecol do Arsenal a completar um look que precisava de cor, tadinho tão apagado.

Elizabeth-Tamkin-by-STYLEDUMONDE-Street-Style-Fashion-Photography-NY-FW18-20180211_48A6527.jpg

10 - A do Poupas.

Coitado do Poupas está ali raptado.

 

Gilda-Ambrosia-by-STYLEDUMONDE-Street-Style-Fashion-Photography-FW18-20180302_48A7462.jpg

 

 

11 - A soldada de chumbo. Que raio de casaco é este?Giovanna-Engelbert-Battaglia-by-STYLEDUMONDE-Street-Style-Fashion-Photography_48A9128.jpg

 

12 - A mau-feitio em tudo na cara e na roupa.

Hanne-Gaby-Odiele-by-STYLEDUMONDE-Street-Style-Fashion-Photography-FW18-20180228_48A9036.jpg

13 -  A das botas de plástico misturadas com lantejoulas, tudo a ver.

Irene-Kim-by-STYLEDUMONDE-Street-Style-Fashion-Photography-FW18-20180222_48A3914-1.jpg

14 - A Maria-Laura achou por bem mascarar-se de, nem sei de quê, não quero insultar nenhuma profissão.

Laura-Maria-Wulff-by-STYLEDUMONDE-Street-Style-Fashion-Photography-NY-FW18-20180208_48A0511.jpg

 15 - Ok, está compostinha, mas qual é a utilidade de usar um impermeável por baixo de outro casaco!?

Lauren-Santo-Domingo-by-STYLEDUMONDE-Street-Style-Fashion-Photography-FW18-20180219_48A4975.jpg

16 - A do colete de forças.

Mademoiselle-Yulia-by-STYLEDUMONDE-Street-Style-Fashion-Photography0E2A3329.jpg

17 - A do plástico e a do money. Supostamente o dinheiro é que devia estar no saco, certo?

Natasha-Zinko-and-Ivan-Zinko-by-STYLEDUMONDE-Street-Style-Fashion-Photography-FW18-20180304_48A2929.jpg

18 - A criativa. Há muitas formas de usar um bomber, está não é uma delas.

NYFW18-Day-6-by-STYLEDUMONDE-Street-Style-Fashion-Photography-NY-FW18-20180213_48A2131.jpg

19 - A pantera cor-de-rosa do Texas. Passa-se ali algo estranho entre pernas.

Rachael-Rodgers-by-STYLEDUMONDE-Street-Style-Fashion-Photography-FW18-20180222_48A3634.jpg

20 - A incógnita, que raio de sapatos, serão sandálias, chinelos, pantufas?

Selah-Marley-by-STYLEDUMONDE-Street-Style-Fashion-Photography-FW18-20180301_48A4503.jpg

 

Qual é gostam mais? Usariam algum?

Já sabem o que não vestir durante a semana e para todo o sempre.

 

Bronde a tendência de 2015 para 2018

Não é brincadeira é mesmo uma tendência para os cabelos em 2018, não é novidade, mas parece que agora se popularizou e creio que veio para ficar porque é assim o melhor de dois mundos e passo a explicar:

Bronde hair é a técnica de madeixas perfeita para mulheres que desejam manter a cor natural do cabelo e sem depender de manutenções frequentes.

O efeito cria um visual 'nem morena, nem loira', com fundo e raiz escuras e madeixas mais claras que dão volume e profundidade ao visual. O termo nasceu da junção das palavras brown e blonde (morena e loura em inglês), mas também pode ser usado por louras fazendo o processo ao contrário.

Resumindo é transformar as morenas em louras e as louras em morenas, mas sem perda de identidade e sem idas frequentes à cabeleireira porque não interfere com a raiz e não é uma mudança drástica.

 

Ando há muito tempo com vontade de mudar o cabelo, mas não me apetece cortar e não me apetece usar coloração total porque o meu cabelo tem a sua cor natural e a minha cabeleira revira os olhos sempre que lhe falo em fazer coloração, só se fizermos umas nuances para dar brilho é sempre a resposta dela.

Adoro um tipo de coloração em que se fazem madeixas de três cores em tons muito próximos que dão movimento e brilho ao cabelo só que esta mudança implica visitas frequentes ao cabeleireiro o que não é de todo compatível comigo.

Esta semana li um artigo sobre o bronde e pensei é mesmo isto que estou a precisar para mudar e animar o look, já tinha gostado do efeito mas não tinha investigado sobre o assunto, agora que já percebi o processo e as vantagens é só ganhar coragem e paciência para experimentar.

Deixo-vos aqui imagens de cabelos bronde, digam lá que não faz lembrar aquele toque especial do verão, acho que até ficamos com ar mais saudável. Pessoalmente gosto dos mais discretos, se forem muito carregados perdem a naturalidade.