Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Língua Afiada

Sobre The Walkind Dead

O 100º episódio de uma das minhas séries favoritas soube a pouco, demasiada estratégia para parcos resultados, a espectativa era muita, não posso dizer que o episódio foi mau, mas foi morno.

Há um paralelismo interessante entre pai e filho, também Rick procurou gasolina na primeira temporada da série, são visíveis dois futuros possíveis ou dois sonhos, mas se a temporada passada a série arrancou um episódio em que os fãs não conseguiram respirar já não se pode dizer o mesmo deste.

Houve suspense, mas a um certo ponto perguntamo-nos porque é que Rick simplesmente não atira em Negan, por algum acaso ele merece algum respeito?

Ficam ali na conversa que nem sequer é muito interessante.

 

Quem viu o último episódio de Fear The Walking deve ter sentido tal como eu saudade da Madison, uma espécie de versão feminina de Rick mas que já o superou.

Como esquecer aquele torcer de nariz que antecedeu a martelada certeira em Troy?

É de cenas assim que estas séries vivem, imprevisíveis, incríveis que nos deixam boquiabertos e atordoados, com vontade de voltar atrás para perceber afinal o que aconteceu.

Como? Matou-o assim, simplesmente? Espetacular.

 

Não tenho dúvidas que esta temporada guarde uma vingança à altura de Negan, mas por mais que me custe ver morrer personagens, que não seja tudo fácil, o cenário não é para isso.

Esperava mais deste regresso, depois de uma temporada muito morna tinha as expetativas altas, talvez estivessem altas demais, ou talvez me tenha tornado demasiado exigente.

 

Espero que a nova temporada de Strangers Things não seja também uma desilusão.

Entretanto se estiverem à procura de uma boa série e com um cenário de crise, vejam The Handmaid’s Tale até o Kevin de This is Us aconselha a série.

E se não veem This Is Us estão a cometer um enorme, gigante erro.

The Walking Dead – O plano do padre

Ainda não viram o episódio 9?

Então não leiam este post.

Não gostam de ler teorias sobre a série?

Então não leiam este post.

 

Feitos os avisos em resposta à Sofia deixo aqui a minha teoria.

O Padre apresenta um comportamento estranho durante a noite, agora que a comunidade parece confiar nele porque iria ele trai-los?

Há uma cena em que se percebe que o padre Gabriel está a ser espionado e na cena em que ele arranca no carro ao abandonar Alexandria vê-se uma silhueta no banco do passageiro.

Padre Gabriel foi com certeza chantageado e deixou a mensagem boat – barco para que Rick saiba que foi levado para junto do local onde pela última vez encontraram mantimentos.

Esta chantagem/rapto vem mesmo a propósito já que o que Rick necessita é de pessoas e de armas e esta comunidade parece cair-lhe nos braços.

Numa primeira observação este povo parece o grupo de mulheres onde esteve Tara, esta poderia ter contado em confissão ao padre onde teria estado, mas aparecem homens o que leva a considerar que é uma comunidade diferente.

Só no próximo episódio se dissiparão as dúvidas.

Ao contrário da maioria dos fãs não acho que esta temporada esteja a ser fraca, como sempre defendi a série não é sobe mortos-vivos, mas sobre pessoas e se não existir um enquadramento das personagens, a exploração dos seus dilemas, uma justificação para as suas ações a série perde a essência.

Espera-se mais um final apoteótico, não acredito que a temporada termine com a vitória sobre Negan, acabará da pior forma para os ansiosos, acabará em plena guerra, sem sabermos quem irá ou não vencer.

Até lá degustem a série que tem uma série de detalhes que só os mais atentos percebem.