Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Língua Afiada

Trump mereces uma trompeta

Trump e trompetas.jpg

 

Donald Trump passou demasiado tempo a assistir às séries House Of Cards e Game Of Thrones e agora que foi eleito Presidente acha que pode fazer e desfazer como bem lhe apetece, brincando com o poder que lhe foi concedido pelo povo.

Povo esse que continua a apoia-lo como mostram as mais recentes sondagens, enquanto a comunicação social nos mostra manifestações anti-Trump a maioria dos norte-americanos pró-Trump estão a bater palmas ao seu candidato.

Trump não chegou ao poder só por causa dos insatisfeitos com o sistema, chegou ao poder porque soube comunicar com o povo e explorar os seus receios, apelou ao seu medo mais primitivo, a insegurança, acrescentando-lhe o receio de perder empregos e principalmente o receio de perderem a identidade e a soberania, se há povo egocêntrico e megalómano é o norte-americano, não foi por isso difícil mobiliza-los para uma América “próspera” e “dona do mundo” de outros tempos.

 

Este cocktail explosivo resultou na perfeição e agora temos um tirano que no espaço de uma semana fez questão de provar que está lá para mandar e cumprir, e se ingenuamente acreditamos que ele não fosse ser tão mau como se anunciava, podemos desenganar-nos ele será ainda pior.

Acho que os norte-americanos nunca mereceram Barack Obama, mas merecem Trump, merecem que toda a trump que acreditam lhes bata na cara, tal e qual a expressão que usam Shit it the fan.

Peguem nos seus valores ultrapassados, machistas, xenófobos e protecionistas e se fechem-se ao mundo, força, só que não é assim que o mundo funciona.

 

Será que não há ninguém que explique a Trump que a globalização e a era da informação que lhe permitiram ser eleito por uma campanha maioritariamente via Twitter é a mesma globalização e era de informação que faz com os Estados Unidos da América não estejam, nem possam estar isolados do mundo?

Será que ele acha que pode esconder os interesses pessoais que estão por detrás de todas as medidas e todas as promessas por muito tempo?

 

O problema é que a Shit it the fan vai respingar porcaria para todo o lado.

Não me canso de dizer que o problema não é o Trump mas o que ele representa, ideias radicais e protecionistas, ideias que em tempos de instabilidade, desagrado e insegurança são demasiado perigosas, propagam-se pelo medo, pelo ódio, perdendo-se a racionalidade e a noção da verdadeira realidade.

Tantas décadas de aproximação, civilização, compreensão e união para que estejamos hoje a assistir ao caminho inverso da segregação, racismo e xenofobia.

Receio que não faltará muito para que esta tendência ganhe força na Europa, já temos o Brexit, o que se seguirá?

 

Nunca pensei em pleno século XXI assistir a este cenário em países ditos desenvolvidos, países que se fizeram e ergueram à custa de imigrantes e refugiados, Trump parece esquecido que praticamente todos os norte-americanos são descentes de imigrantes.

 

Trump só me apetece soar-lhe trompetas na cara até que fique surdo e mudo.

Se também têm essa vontade passem aqui e soem trompetas.

6 comentários

  • Imagem de perfil

    Psicogata 02.02.2017 11:32

    Está, porque o mais importante aqui é a forma como ele faz as coisas e as coloca.
    Não vejo qualquer problema em ele continuar o muro que já existe, a forma como ele coloca as coisas é que é absurda, o que seria da economia americana sem os mexicanos, porto-riquenhos e outros?
    Retirar as empresas americanas da China não faz com que os direitos humanos sejam cumpridos, aliás o primeiro efeito seria aumentar ainda mais a pobreza na China.
    Anos e anos de história e ainda não entenderam que não é por mal, com birras e imposições que se resolvem as coisas.
    E ele comprar uma guerra comercial com a China pode ser bom para os americanos a curto-prazo e quando o resto do mundo resolver deixar de comprar produtos americanos? O que é que ele irá fazer?
  • Imagem de perfil

    Ana Rita 🌼 02.02.2017 11:40

    Aqui o que o leva a retirar de lá as empresas é a possibilidade de com isso criar mais postos de trabalho e outra coisa, ele disse de forma explicita que os mexicanos e porto-riquenhos que estão na América por bem e que trabalham legalmente, pagam impostos e tudo isso não vão ser afectados por esta lei, apenas aqueles que estão lá a engrossar a criminalidade e o tráfico - no fundo separar o trigo do joio.
    Há que ter em atenção também a maneira como a comunicação social deita as coisas cá para fora. Eles tem uma forma de tratar as coisas que por vezes não é a mais correta mas também os media fazem as coisas piores do que elas são e ... manipulam muitas vezes as palavras de forma a causar impacto e formatar ideias.

  • Imagem de perfil

    Psicogata 02.02.2017 11:48

    Ele pensa assim porque é míope, se acha que grandes empresas americanas vão abdicar do lucro para regressarem à América para criarem postos de trabalho, se tivessem essa intenção nunca de lá teriam saído.
    O problema é mesmo esse é ele generalizar que os emigrantes ilegais são todos criminosos e os muçulmanos todos potenciais terroristas.
    Não concordo em nada com os valores e ideias que ele transmite.
  • Imagem de perfil

    Ana Rita 🌼 02.02.2017 11:54

    Ele não generaliza! os media generalizam!
    Se forem ouvir a totalidade dos discursos dele vão perceber que há frases que são adulteradas.
    E quanto ás empresas do que ele quer até às empresas fazerem vai um grande passo... há muitas maneiras de dar a volta às coisas. Mas o facto de ele querer estimular a economia e acabar com a precariedade...não consigo achar mal.
    Lá está, como tudo é uma questão de opiniões!
  • Imagem de perfil

    Psicogata 02.02.2017 14:01

    Pois, é a comunicação, eu nem leio os tweets dele.
    Uma coisa é ver o que a comunicação passa outra é ir à fonte.
    Eu não digo que algumas das intenções dele sejam más, só que os métodos não são.
    E não, não é uma questão de opiniões, neste caso é questão de ideais e valores-
    E eu não partilho dos dele.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.