Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Língua Afiada

Uma pausa para o amor

Paro por instantes, deixo a vida em suspenso

Recolho-me a ti, enrosco-me nos teus braços

Perco-me no mar profundo dos teus olhos

Embalo-me no compasso da tua respiração

Nada mais importa, o mundo fica lá fora

Apenas os dois, juntos, unidos, um só

Instantes preciosos com sabor a eternidade

O teu calor cheira a casa, a conforto, a segurança

Estamos em paz, no silêncio das palavras

Falamos no dialeto secreto das almas

Que só nos escutamos, só nos entendemos

Uma ligação ancestral, cósmica, energia pura

Eu sou tua, tu és meu, juntos somos paixão

Pausemos a vida todos os dias meu anjo

Pausemos tudo ao nosso redor para amar

Porque sem pausas para saborear o amor

A vida é apenas um enorme vazio sem cor.

 

 

Feliz dia meu Amor.

Não apenas hoje, mas todos os dias façamos pausas para o amor.

3 comentários

  • Imagem de perfil

    Psicogata 14.02.2017 16:03


    Apesar de tudo, de todas as confusões, stresses, incoerências e surpresas da vida, hoje é dia de celebramos.
    Não te trocava por nada nesta vida.
  • Imagem de perfil

    Moralez 14.02.2017 16:16

    Nem eu te trocava a ti, foste escolhida (e bem escolhida) não me saíste em nenhuma rifa, há coisas que o coração vê que os olhos não sentem, amo-te muito minha Psicogata és a minha vida e sabes disso
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.